06 de agosto de 2020 Atualizado 22:08

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Americana

Em ação educativa, prefeitura fiscaliza uso de máscaras e não multa ninguém

Fiscalização na Avenida Brasil teve caráter “mais educativo que punitivo”, segundo a prefeitura

Por André Rossi

14 jul 2020 às 08:32 • Última atualização 14 jul 2020 às 11:08

A Uvisa (Unidade de Vigilância Sanitária) de Americana realizou uma ação educativa para fiscalizar o uso de máscaras na Avenida Brasil na última sexta-feira (10). Quem não estava com o equipamento de segurança não foi multado, apenas advertido.

O balanço da operação foi divulgado pela prefeitura nesta segunda-feira (13). No período de uma hora, os fiscais abordaram 23 pessoas sem máscara.

Fiscalização da Vigilância Sanitária contou com apoio da PM – Foto: Prefeitura de Americana / Divulgação

“Observarmos que a maioria dos que não utilizavam máscara eram pessoas jovens, corredores, caminhantes e ciclistas. O que revela uma preocupação com a própria saúde, porém não com a do próximo”, comentou a coordenadora da vigilância sanitária, Eliane Ferreira.

A prefeitura justificou que não houve aplicação de multa porque a ação tinha caráter “mais educativo do que punitivo”. “As próximas ações podem resultar em medidas mais rigorosas”, disse a administração.

Desde o 1º de julho está em vigor um decreto estadual que determina multa de R$ 500 para quem for flagrado sem máscara na rua e em espaços público.

Comércio
Já entre quinta-feira (9) e sábado (11), a Uvisa fez uma blitz em dez estabelecimentos comerciais, a maioria na região central, para verificar o cumprimento das medidas de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19).

Durante toda a ação foram interditados dois bares, efetuadas duas notificações e orientadas aproximadamente 120 pessoas, entre proprietários de estabelecimentos, funcionários e transeuntes.

Podcast Além da Capa
Totalmente paralisado na região desde o início da quarentena de combate ao novo coronavírus, o setor de eventos ainda está “no escuro” sobre quando as atividades poderão ser retomadas, ainda que de forma parcial. Além da indefinição, uma série de dificuldades surgiram por conta da situação. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com o repórter André Rossi sobre o panorama do segmento em Americana e região.