Ecoponto do Zanaga é alvo de incêndio e gera transtornos

O espaço ficará fechado temporariamente até que a situação esteja normalizada, segundo a Prefeitura de Americana


O ecoponto do bairro Antônio Zanaga, em Americana, pegou fogo nesta quarta-feira (14), por volta das 15h30. O fogo começou em um canteiro da Avenida Nicolau João Abdalla e com o forte vento as faíscas das chamas acabaram caindo em cima dos materiais que foram descartados no ecoponto. O espaço ficará fechado temporariamente até a situação estiver normalizada.

A fumaça e o cheiro forte ficaram mais evidentes durante a madrugada e a manhã desta quinta-feira, gerando reclamações de moradores que moram próximo ao ecoponto. No começo da noite de quarta-feira, o incêndio estava controlado, mas equipes da prefeitura ainda apagavam os focos nesta quinta-feira de manhã.

Na segunda-feira, o ecoponto do Jardim dos Lírios também foi alvo de um incêndio e ficou fechado temporariamente. O cheiro de queimado e a fumaça também causaram reclamações da população.

Foto: Sabrina Furlan / O Liberal
O espaço ficará fechado temporariamente por conta do incêndio

Segundo a funcionária do ecoponto, Mônica Tenório Albuquerque, servidores da prefeitura ajudaram no combate às chamas com uma mangueira no hidrômetro que fica instalado em frente ao local. “Não adianta só jogar água, é preciso da ajuda de uma máquina escavadeira, que chegou hoje cedo [quinta-feira]. Eles têm que separar a terra com o material e jogando a água por baixo, porque o que fica embaixo é um gás tóxico e faz mal”, esclareceu a funcionária.

Uma empresa de reparação eletrônica industrial instalada em frente ao ecoponto foi uma das prejudicadas pelo incêndio e o forte cheiro de fumaça. Segundo a administradora Marilda Rolim Coelho, de 50 anos, oito funcionários precisaram ser encaminhados para atendimento médico pois estavam sentindo mal estar devido a inalação da fumaça.

Uma das maiores indignações de Marilda foi o fato dela solicitar apoio do Corpo de Bombeiros e ser informada que não poderiam fazer o atendimento porque estavam em outras ocorrências de emergência.

“A minha empresa é multinacional e a gente presta serviço para a Holanda. Eles não querem saber se está pegando fogo do lado da empresa e que os funcionários estão passando mal. Como pode o Corpo de Bombeiros não vir ajudar apagar o fogo? Inclusive tem funcionário da minha empresa ajudando no rescaldo”, reclamou. Os funcionários estavam usando máscaras para evitar a inalação de fumaça.

Por meio de nota, o Corpo de Bombeiros explicou que a quarta-feira foi um dia atípico devido ao forte vento e ao alto número de focos de incêndio na cidade.

A Secretaria de Obras e Serviços Urbanos informou, por meio de assessoria de imprensa da Prefeitura de Americana, que o incêndio está controlado e que a prefeitura está “fazendo tudo o que é possível para minimizar os danos e incômodos causados à população”. A nota esclarece também que um servidor responsável pelo ecoponto já conversou com representantes da empresa de Marilda e se colocou à disposição.

Ecopontos

A população de Americana pode realizar o descarte de resíduos de construção civil, volumosos, poda de árvore e assemelhados nos seguintes ecopontos:

– Jardim dos Lírios (Rua Siriemas, próximo à Garagem Municipal)

– Jardim Bertoni (Avenida Roma, esquina com Rua Madri)

– Jardim da Paz (Rua Estevão Carlos Vicentini, 175, no Residencial Dona Rosa)

– Antonio Zanaga (Rua Rayon Viscose, 209)

– Praia Azul (Rua dos Pinhais, 61, esquina com a Rua Pantanal)

– Catharina Zanaga (Rua Carmine Feola, 1.327)

– Nova Carioba (Rua José Nicoletti, 110)

As unidades funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, de sábado, das 8h às 17h, e de domingo, das 8h às 12h. Cada pessoa pode fazer o descarte de 1m³ (metro cúbico).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora