Distância menor vale apenas para alunos do Mário Covas

Prefeitura de Americana diz que não houve uma mudança na “regra dos dois quilômetros” para o transporte escolar


Diferente do que foi publicado na edição desta quinta-feira, na reportagem “Distância para transportes é reduzida”, a Secretaria de Educação de Americana informou que o limite de dois quilômetros de distância entre escolas e casa de alunos permanece para atender estudantes com o transporte escolar gratuito.

Na quarta-feira, o LIBERAL havia questionado a prefeitura sobre casos específicos. A reportagem apurava se o transporte escolar de alunos dos bairros Mário Covas e também Jardim das Orquídeas para o Ciep São Jerônimo estava suspenso.

Em nota, a Secretaria de Educação respondeu que “todos os alunos que moram a pelo menos 1.350 metros da escola estão sendo atendidos”. A resposta era referente apenas à escola questionada e não à rede municipal completa, conforme a reportagem informou equivocadamente.

Segundo a prefeitura, não houve uma mudança na “regra dos dois quilômetros”, mas que o atendimento de alunos desta escola, moradores do Mário Covas, havia ocorrido porque havia vagas ociosas no transporte escolar.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora