21 de maio de 2022 Atualizado 15:57

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

DESFECHO

Dise apreende quase 4 kg de cocaína e anotações sobre tráfico em operação no Monte Verde

Policiais também apreenderam pistolas, 25 kg de produto para misturar droga e 226 g de maconha em ação que terminou com morte de suspeito

Por Caio Possati / Maria Eduarda Gazzetta

13 Dezembro 2021, às 18h23 • Última atualização 14 Dezembro 2021, às 08h21

Equipe ainda encontrou 54 munições intactas e uma munição já usada – Foto: Divulgação / Dise

A Dise (Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes) apreendeu 3,9 kg de cocaína e anotações sobre o fluxo contábil do tráfico de drogas durante a operação realizada na manhã desta segunda-feira (13) no bairro Monte Verde, em Americana.

A ação, resultado de uma investigação de mais de duas semanas, terminou com a morte de um suspeito durante troca de tiros. Ele era da Bahia e não foi identificado.

Segundo a Dise, junto com a cocaína pura, a equipe também apreendeu 25,7 quilos de pó branco para misturar com a droga e mais 226 gramas de maconha. Os entorpecentes estavam enterrados. Em coletiva, o delegado Marco Antônio Pozeti afirmou que a apreensão dos entorpecentes evitou a venda de 30 quilos de droga.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A delegacia especializada também apreendeu duas pistolas calibre .380 com numeração raspada, 54 munições intactas, uma munição já usada e R$ 2.270. Seis aparelhos celulares e anotações sobre o fluxo do tráfico foram apreendidos.

Os dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos em dois imóveis no Assentamento Milton Santos, na Rua do Coelho. ”Uma casa era usada como residência e a outra para acomodar a grande quantidade de droga encontrada”, explicou o delegado.

Pozeti confirmou que a Dise tem conhecimento de onde a droga vem e para onde iria se não fosse apreendida. “Além de Americana e Sumaré, os entorpecentes iriam para outras cidades do Estado”, afirmou. Os suspeitos não pertenciam a uma facção criminosa e as investigações apontam que agiam sozinhos.

A troca de tiros começou no momento em que os policiais tentaram entrar na casa dos suspeitos, que fugiram para o fundo do imóvel quando avistaram a equipe da Dise. Um dos homens subiu ao telhado e disparou contra um policial, que revidou com um tiro que acertou o suspeito.

Após o tiro, o homem tentou fugir pelo telhado, que cedeu. Sem conseguir escapar, ele foi socorrido, mas morreu no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi.

Um outro suspeito conseguiu escapar. “A pessoa que fugiu deve conhecer muito bem o bairro. Dizem que ela é muito conhecida e tem imóveis no local. Ele pode ter se abrigado em algum deles e assim não conseguimos localizar”, explicou Pozeti.

O delegado afirmou que a Dise identificou esse homem que escapou e afirmou que ele possui passagens pela polícia.

Publicidade