Esclarecimento de 30 roubos rende prêmio à DIG de Americana

Atuação dos policiais civis possibilitaram as prisões de 11 criminosos, reconhecidos pelas vítimas após roubos a estabelecimentos comerciais na região


A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Americana solucionou 30 casos de roubo no primeiro bimestre de 2020, colaborando para a prisão de 11 criminosos na região. A atuação da equipe de policias civis rendeu o prêmio “Policial Nota Dez”, entregue nesta segunda-feira (9) pelo Governador João Doria ao delegado titular José Donizeti de Melo, em solenidade no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista.

Foto: DIG Americana
Delegado titular da DIG, José Donizeti de Melo recebe prêmio do governador João Doria

“As vitimas nos ajudaram na solução destes casos, comparecendo nas delegacias e fazendo reconhecimentos presenciais ou fotográficos”, explicou o investigador Emerson Siqueira. De acordo com ele, a maior parte das ocorrências era de roubo a estabelecimentos comerciais, em que os assaltantes armados assumiam uma postura violenta.

O delegado José Donizeti de Melo diz que o prêmio é resultado de um trabalho iniciado em dezembro do ano passado, quando a equipe passou a se dedicar aos casos em questão. “Em períodos festivos e de férias aumentam bastante os crimes contra o patrimônio. Depois disso, diminuem. A nossa preocupação é manter um nível proporcional de esclarecimentos”, explica.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

Nos últimos dois meses, a DIG também atuou em ocorrências de flagrante de tráfico de drogas, receptação, porte ilegal de armas e capturas de procurados pela Justiça, com inquéritos da própria delegacia.

Além de Americana, a área de atuação da DIG envolve os municípios de Santa Bárbara d’Oeste, Nova Odessa, Hostolândia, Sumaré, Monte Mor, Cosmópolis, Artur Nogueira e Engenheiro Coelho.

Além da Capa, o podcast do LIBERAL

A edição desta semana do podcast “Além da Capa” aborda substituição da mão de obra de pessoas mais velhas por outras mais novas na RPT (Região do Polo Têxtil). Ouça:

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora