18 de outubro de 2020 Atualizado 22:59

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Americana

DIG intercepta carreta com pneus roubados e prende dois em Americana

Carreta foi carregada da Goodyear e a carga seria levada para outro estado quando o motorista foi interceptado pelos bandidos em Paulínia

Por Leonardo Oliveira

16 out 2020 às 11:41 • Última atualização 16 out 2020 às 18:17

Delegacia conseguiu interceptar a carga roubada – Foto: Leonardo Oliveira / O Liberal

A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Americana interceptou uma carreta com pneus roubados e prendeu dois homens em flagrante, na manhã desta sexta-feira (16).

Eles foram flagrados descarregando a carreta cheia de pneus roubados em um barracão Rua do Acetato, no Loteamento Industrial Salto Grande II, em Americana.

A carga foi retirada da Goodyear por uma empresa nesta sexta-feira (16) e seria levada para outro estado. Quando estava na região de Paulínia, o motorista foi abordado por uma quadrilha, que tomou o controle do caminhão, levando-o até o barracão em Americana.

A empresa dona da carga percebeu que o sinal de rastreamento havia desaparecido, por isso acionou a policia. Os agentes da DIG foram até a última localização apontada e conseguiram flagrar a carga sendo descarregada.

Motorista do caminhão está desaparecido – Foto: Leonardo Oliveira / O Liberal

O motorista ficou desaparecido, mas acabou sendo solto pelos criminosos em uma região de mata de Leme, no início da tarde desta sexta-feira

“A gente tinha a informação de que a carga seria descarregada em um barracão de Americana. Cercamos o barracão. Os dois indivíduos que estavam na carreta começavam a descarregar os pneus, foram presos nesse momento”, informou Emerson Siqueira, agente da DIG.

Dentro do local havia um inibidor de sinal, cortando todo o tipo de comunicação e rastreamento na área. Um dos presos mora em Nova Odessa e o outro em Santa Barbara d’Oeste.

O barracão estava vazio e a DIG vai prosseguir com as investigações para saber se o local era usado frequentemente para guardar produtos roubados.

Publicidade