25 de outubro de 2020 Atualizado 17:22

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Americana

DIG fecha bingo clandestino que funcionava no Jardim Glória

Dez máquinas foram encontradas e acabaram desativadas pelos policiais; casa de jogos funcionava dentro de um bar

Por Rodrigo Alonso

23 jun 2020 às 18:01 • Última atualização 23 jun 2020 às 22:05

A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) fechou, na manhã desta terça-feira (23), um bingo clandestino que funcionava dentro de um bar no Jardim Glória, em Americana. No estabelecimento, os policiais encontraram dez máquinas de bingo e destruíram o noteiro de todas elas.

Agentes se depararam com máquinas ligadas – Foto: Divulgação / DIG de Americana

A equipe se dirigiu até o local após denúncia anônima. Em vistoria, no térreo, os investigadores localizaram cinco máquinas desligadas. Em seguida, eles subiram para o piso superior, onde acharam os outros cinco aparelhos, que estavam ligados no momento da averiguação policial.

Diante dos fatos, os agentes conduziram a proprietária do estabelecimento, uma mulher de 38 anos, à sede da DIG. Na unidade, o delegado José Donizeti de Melo registrou um termo circunstanciado sobre jogos de azar.

Ninguém foi preso. Questionados pela reportagem, a comerciante e o advogado dela não quiseram se manifestar sobre o caso.

Peritos do Instituto de Criminalística também compareceram no bar e presenciaram a destruição dos noteiros. As máquinas, que estão desativadas, seguem no estabelecimento, mas sem possibilidade de uso. Durante a ocorrência, a DIG apreendeu, ainda, quatro dispositivos de armazenamento de dados.

Publicidade