03 de dezembro de 2020 Atualizado 00:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Imunização

Dia D para vacinação contra a poliomielite atende às expectativas em Americana

Até 12h de sábado, 563 crianças entre 1 e 4 anos tomaram a gotinha contra a poliomelite

Por Heitor de Carvalho

17 out 2020 às 15:57 • Última atualização 18 out 2020 às 08:12

O Dia D de Multivacinação, que ocorre em todo o país neste sábado (17), teve uma procura dentro da expectativa nas 13 UBSs (Unidade Básica de Saúde) de Americana que abriram para a campanha.

De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica do município, até 12 horas deste sábado, 563 crianças entre 1 e 4 anos tomaram a gotinha contra a poliomielite, a paralisia infantil.

Campanha teve bom movimento em Americana neste sábado – Foto: Heitor de Carvalho / O Liberal

Todas as crianças dessa faixa etária que procuraram os postos médicos tomaram a dose mesmo que não estivesse atrasada, visto que o Dia D é voltado para esse grupo.

Entre os menores de 1 ano e aqueles com idade entre 5 e 15 anos, 45% receberam alguma vacina para atualização da carteirinha, sendo que demais estavam com as vacinas em ordem.

Milena Santos Queiroz, de 4 anos, se vacinou contra a poliomielite neste sábado – Foto: Heitor de Carvalho / O Liberal

A campanha começou dia 5 e, até este sábado, um total de 1.427 crianças tomaram a vacina da pólio. A campanha contra paralisia infantil segue até 29 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

A aplicação de doses nesse sábado tem como objetivo facilitar a vacinação de quem não pode comparecer durante a semana nos postos.

“Foi uma campanha muito boa pela quantidade de doses que conseguimos aplicar, porém encontramos muitas crianças com a situação vacinal atrasada. Lembramos que a vacina é a principal forma de prevenção e quanto mais precoce for feita, melhor para a garantia da imunização”, alertou Simone Maciel, coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

Davi Gabriel Martins, de 4 anos e meio de idade, recebe a gotinha contra a pólio da auxiliar de enfermagem Tatiane Fabrício – Foto: Heitor Carvalho

Uma novidade que está disponível é a vacina ACWY, que protege contra quatro tipos de meningite meningocócica. Essa vacina foi incorporada este ano ao SUS (Sistema Único de Saúde) e passou a ser disponibilizada em abril nos postos de Americana.

Também estão disponíveis para atualização as vacinas BCG, contra tuberculose; VIP e VOP, contra poliomielite; hepatite B; pentavalente, contra difteria, tétano, hepatite B, coqueluche e haemophilus influenza B; pneumo, contra doenças pneumocócicas; meningo C, contra doença meningocócica tipo C; hepatite A; varicela, contra catapora; SCR, contra sarampo, caxumba e rubéola; além da vacina contra febre amarela.

Segundo a técnica de enfermagem Andreza Mancini Feliciano, 39 anos, que trabalha na UBS da Vila Mathiesen, os pequenos têm colaborado.

“A gente está se surpreendendo positivamente. Com jeito e com os pais conversando em casa, não temos muita resistências das crianças. Está sendo tranquilo.”

Além da procura pela vacina da pólio, muitos pais estão atualizando as carteiras de vacinação dos filhos. Adultos também aproveitaram a abertura das UBSs no final de semana para ficar em dia com as vacinas.

“O movimento está dentro da expectativa. Achamos que não fosse dar tanto movimento, porque talvez a campanha não tenha sido muito divulgada, mas o fluxo está constante”, concluiu Andreza.

O balanço total da campanha pela vacinação contra a pólio no município será divulgado pela prefeitura na segunda-feira (19).

Publicidade