Deputados de Americana avaliam campanha eleitoral

Com duração menor, essa foi a campanha mais curta desde a eleição de 1989, com redução de 90 para 45 dias


Os deputados federal e estaduais de Americana comentaram na manhã deste domingo (2) sobre ao tempo de campanha das eleições 2016, que é a mais curta desde 1989. Neste ano, uma nova lei reduziu a campanha de 90 para 45 dias. O tempo da propaganda na TV e no rádio também diminuíram de 45 para 35 dias.

O deputado federal Vanderlei Macris (PSDB) afirma que a campanha eleitoral está em processo de evolução. “Cada ano que passa evolui mais, até porque o eleitor está mais crítico. Isso fortalece muito a democracia”, afirmou.

Para o deputado estadual Chico Sardelli (PV), as mudanças foram aprovados pelos eleitores. “Achei uma eleição mais tranquila para os munícipes. Logicamente, nos meios políticos ela ferveu muito mais. Quarenta e cinco dias favorecem quem está no mandato, quem está de fora tem mais dificuldade em se fazer conhecido. Precisa corrigir algumas distorções, mas sinto que a população aprovou”, destacou,

Já o deputado estadual Cauê Macris (PSDB) classificou como positiva a campanha eleitoral deste ano. “Foi uma campanha olho no olho, onde você perde o visual, mas ganha atuação direta dos candidatos”, completou.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!