CVV precisa de 45 voluntários para ser 24h em Americana

Para tentar atingir esse número, a franquia local abrirá um novo curso de formação a partir do dia 30 deste mês, às 19 horas


O CVV (Centro de Valorização da Vida) precisa de um quadro com 45 voluntários para voltar a atender no regime de 24 horas, como era oito anos atrás. Para tentar atingir esse número, a franquia local abrirá um novo curso de formação a partir do dia 30 deste mês, às 19h.

Para participar do curso basta ser maior de idade e ter disponibilidade para dedicar quatro horas semanais do seu tempo, uma vez ao mês, para ouvir o próximo.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
CVV se instalou em Americana há mais de três décadas

Não há necessidade de inscrição prévia. A única recomendação é chegar 15 minutos antes do horário agendado para início. O curso acontecerá na sede da entidade, na Rua Carioba, 536. Segundo a voluntária Regina, na primeira semana do curso serão quatro aulas – de segunda a quinta-feira, às 19h. A partir da segunda semana, o curso terá apenas duas aulas semanais.

No total serão dois meses e meio de duração, incluindo atendimento prático sobre a maneira correta de prestar o atendimento. O interessado aprenderá qual deve ser a postura de um voluntário do CVV e como se efetiva a relação entre voluntários e a pessoa que procura pelo atendimento.

“Gostar de conversar e de ouvir o que o outro tem para dizer já é um indicativo de que a pessoa pode ser um voluntário. No curso ele conhecerá sobre a filosofia do CVV e aprenderá como ouvir sem tomar para si a dor do outro”.

O curso é gratuito e se o número saltar dos 11 voluntários para 45, a franquia vai ter permanentemente um voluntário em sua sede atendendo as ligações.

Dados para contato:

Rua Carioba, 536 – Vila Cordenonsi – Americana
contato@cvv.org.br
www.cvv.org.br
www.facebook.com.br/CVV

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora