09 de agosto de 2020 Atualizado 11:57

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Com duas novas mortes, Americana chega a 43 óbitos por coronavírus

As vítimas são um homem de 59 anos, morador do Cidade Jardim, e outro de 35, residente do Mário Covas

Por André Rossi

13 jul 2020 às 18:30 • Última atualização 13 jul 2020 às 18:36

A Prefeitura de Americana confirmou nesta segunda-feira (13) mais duas mortes provocadas pelo novo coronavírus (Covid-19). Com isso, a cidade chega a 43 óbitos.

A primeira vítima é um homem de 59 anos, morador do Cidade Jardim, que faleceu no dia 8 de julho. Ele estava internado em um hospital particular, tinha diabetes e doenças cardiovascular e renal crônica.

Já o segundo é um homem de 35 anos, morador do Mário Covas e que faleceu no dia 11 de julho. Ele estava internado no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi e tinha diabetes.

O boletim epidemiológico desta segunda traz ainda mais quatro óbitos suspeitos de Covid-19. A prefeitura aguarda os resultados dos exames PCR, que identificam a presença do vírus.

Além disso, foram registrados mais 15 casos positivos da doença, dos quais dois já estão recuperados e 11 permanecem em isolamento domiciliar. Porém, dois pacientes tiveram de ser internados em hospitais particulares.

São eles: uma mulher de 54 anos, moradora do Jardim Recanto; e uma mulher de 69 anos, da Vila Bertini. Também foram registrados mais 30 novos casos suspeitos da doença, que estão em isolamento domiciliar

Até o momento, Americana soma 912 casos positivos, com 43 óbitos, 11 internados, 262 em isolamento domiciliar e 596 recuperados. Outros 252 casos suspeitos aguardam resultados de exames, sendo seis óbitos, 16 internados em hospitais e 230 em isolamento domiciliar.

Além disso, o município tem 1.592 casos descartados.

Ocupação

A Secretaria de Saúde de Americana informou que a ocupação de leitos destinados exclusivamente para pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19 é de 81% com respiradores (de 48 no total, 39 estão ocupados) e de 70% sem respiradores (de 56 no total, 39 estão ocupados).

O percentual leva em consideração todos os leitos do município, tanto do hospital municipal, quanto dos hospitais particulares.

A ocupação de leitos apenas no HM é a seguinte: 67% com respiradores (de 15 no total, 10 estão ocupados) e 55% sem respiradores (de 20 no total, 11 estão ocupados).

Além da Capa
Totalmente paralisado na região desde o início da quarentena de combate ao novo coronavírus, o setor de eventos ainda está “no escuro” sobre quando as atividades poderão ser retomadas, ainda que de forma parcial. Além da indefinição, uma série de dificuldades surgiram por conta da situação. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com o repórter André Rossi sobre o panorama do segmento em Americana e região.