04 de agosto de 2021 Atualizado 12:12

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Imunização

Com 3.755 doses aplicadas, Americana tem recorde de vacinação nesta segunda-feira

Ritmo de vacinação acelerou com a inclusão de pessoas a partir dos 50 anos na campanha

Por Marina Zanaki

21 jun 2021 às 18:30 • Última atualização 21 jun 2021 às 18:42

Foram vacinadas 3.730 pessoas com a primeira dose e 25 com a segunda - Foto: Divulgação - Prefeitura de Americana

Americana aplicou 3.755 doses da vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) nesta segunda-feira (21), número recorde desde o início da campanha, em janeiro. Com a inclusão de pessoas a partir dos 50 anos na imunização, o ritmo de vacinação se acelerou.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Foram vacinadas 3.730 pessoas com a primeira dose e 25 com a segunda. Receberam a primeira dose 279 pacientes com comorbidades, 3.300 pessoas com 50 anos ou mais, 31 profissionais da educação, 54 da saúde, 38 gestantes e puérperas e 28 pessoas com deficiência permanente. A segunda dose foi aplicada em nove gestantes e puérperas, 10 idosos, quatro profissionais de saúde e dois da educação.

A Vigilância Epidemiológica recebeu 3.042 doses da vacina da Pfizer nesta segunda-feira, que serão destinadas para a primeira dose de pessoas com idade entre 50 e 59 anos.

Nesta terça-feira (22), poderão receber a primeira dose pessoas com 50 anos ou mais, profissionais de saúde, inclusive educador físico e veterinário, profissional da educação com 18 anos ou mais, gestantes e puérperas com mais de 18 anos, pacientes com comorbidade, pessoas com deficiência permanente, pessoas com Síndrome de Down e transplantados em uso de imunossupressor.

O agendamento para a vacinação deve ser feito pelo site da prefeitura. Além da primeira dose, também pode ser realizado o agendamento para a segunda dose das vacinas Astrazeneca e Coronavac.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Até o momento, foram aplicadas 118.630 doses na cidade, das quais 85.432 eram da primeira dose e 33.198 da segunda.

Publicidade