29 de novembro de 2020 Atualizado 18:19

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Americana

CEI do Fundeb é prorrogada por 75 dias e presidente prega ‘cautela’

Vereadores aguardam ofício do TCE sobre aplicação de recursos nos anos de 2017 e 2018

Por André Rossi

18 set 2020 às 08:15

A CEI (Comissão Especial de Inquérito) instaurada na Câmara de Americana para apurar supostas irregularidades na aplicação dos recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação) no ano de 2018 terá mais 75 dias para concluir seus trabalhos.

O projeto de decreto legislativo, que prorroga o prazo para investigação, foi aprovado pelos vereadores na sessão ordinária desta quinta-feira (17). A comissão foi instaurada em maio de 2019.  

Renato Martins é o presidente da CEI – Foto: Claudeci Junior / Divulgação

Segundo o presidente da CEI, Renato Martins (PTB) o grupo aguarda resposta de um ofício enviado ao TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) solicitando informações sobre a aplicação dos recursos em 2017 e 2018.

O objetivo é checar se os valores recebidos foram investidos integralmente. Enquanto isso, o presidente prega “cautela”.

“Foi feita a denúncia e temos que ter muita cautela. As denúncias vem, até por questões políticas, e nós estamos colhendo o máximo possível de informações”, comentou Martins.

“Porque a partir do momento que o tribunal nos disser ‘olha, de 2009 até 2018 a aplicação foi integral’, não há que se falar, obviamente, em desvio de dinheiro público, que é o que estamos apurando com essa CEI”, disse o presidente.

Publicidade