Cauê deverá enfrentar Janaína Paschoal na presidência da Alesp

Campeã de votos, deputada eleita pelo PSL anunciou que pretende disputar a presidência da Assembleia Legislativa


Um dos líderes da “brigada Doria” durante a campanha eleitoral, o deputado estadual americanense Cauê Macris (PSDB), atual presidente da Assembleia Legislativa, tende a ser o candidato natural do governador a comandar o Legislativo nos próximos dois anos.

O apoio do Bandeirantes, no entanto, pode não ser suficiente, já que a deputada eleita Janaína Paschoal (PSL), campeã de votos para o cargo, anunciou que pretende disputar a presidência.

O “encolhimento” da bancada do PSDB na Assembleia – passando dos atuais 19 deputados para 8 – é um grande adversário de Cauê na luta pela presidência, mas não é o único. Além de o PSL, partido de Janaína, contar com a maior bancada (15 parlamentares), o PT – adversário histórico dos tucanos – conta com a segunda maior (10).

Resta saber se o partido irá se aliar à legenda do presidente eleito Jair Bolsonaro para sacramentar uma derrota a João Doria.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora