14 de agosto de 2020 Atualizado 19:43

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

PREVENÇÃO

Casas de repouso barram visitas e determinam uso de máscaras

Medidas foram adotadas para prevenir idosos e decreto da Prefeitura de Americana suspende visitas nesse tipo de estabelecimento

Por Marina Zanaki

17 mar 2020 às 11:12 • Última atualização 17 mar 2020 às 11:13

Para tentar impedir a entrada do coronavírus, casas de repouso de Americana estão barrando visitas de familiares e suspendendo saídas de idosos. Outras medidas adotadas são o reforço da higienização dos funcionários e uso de equipamentos de segurança, como luvas, aventais e máscaras.

A terceira idade é o público mais vulneráveis às complicações do coronavírus e tem registrado a maior mortalidade. Nenhuma das instituições de Americana ouvidas pela reportagem possui pacientes com suspeita do coronavírus. As medidas de isolamento adotadas estão de acordo com decreto da prefeitura.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Enfermeira do Recanto do Idoso, em Americana, Daniela Manfre trabalha sob novas ações

Enfermeira e responsável técnica do Recanto do Idoso, Daniela Manfre tornou as regras de acesso às duas unidades da casa de repouso mais rígidas desde sexta-feira. A medida foi adotada após a escalada de casos no país, segundo a enfermeira. A instituição atende 42 idosos em suas duas unidades em Americana.

“Os pacientes não estão saindo, todos os funcionários estão paramentados. Chegam na casa de repouso e têm que fazer higienização. Estão usando luvas, máscaras, avental, e trocam toda a hora que forem mexer com outros pacientes”, explicou a enfermeira.

Saiba tudo sobre o coronavírus, o que ele provoca e como se prevenir

Presidente do Benaiah, que atende 37 idosos, Helio de Oliveira Camargo disse que vai entrar em contato com as famílias para que busquem os idosos.

“Vamos fazer um comunicado, se possível que levam para ficar em casa, porque aí tem uma segurança maior, tem um contato menor com pessoas estranhas. Estando aqui não conseguimos evitar a presença de funcionários, que pegam ônibus, se relacionam, e vêm para cá”, declarou o responsável.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Lar São Vicente de Paula sugere adiamento de visitas

O cancelamento de visitas e de atividades voluntárias no Lar São Vicente de Paula para proteger os idosos pode ter como efeito a queda de doações. Coordenadora da entidade, Suellen Estevam Bortolotti apelou por itens básicos e de higiene, como feijão, leite, aveia, álcool em gel, desinfetante, detergente e sabão em pedra. A entidade atende 32 idosos.

“A entidade se mantém 50% com doações. Esse final de mês teríamos uma quermesse, seriam dois dias de festa, tivemos que cancelar por conta da determinação da prefeitura (o decreto impede aglomerações). Isso representa muito para nós, e já temos sofrido com queda nas doações”, revelou a coordenadora.

Cuidados extras

Diretor científico da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, o médico Renato Bandeira de Mello orientou as famílias a manterem os idosos em casa.

“É preciso ter cuidado com as pessoas que circulam dentro do município, familiares, cuidadores. De preferência, ao entrar no domicílio, lavar mão ou passar álcool em gel, ou sabonete antisséptico. Preferencialmente pessoas que chegam ao lar e tem idoso em casa, antes de qualquer coisa tirar a roupas, tomar banho antes de ter contato direto com a pessoa idosa ou com espaços da casa”, orientou o profissional.

Além da Capa, o podcast do LIBERAL

A edição desta semana do podcast “Além da Capa” fala sobre a pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, e seus impactos nas cidades que fazem parte da RPT (Região do Polo Têxtil). Ouça:

{{1}}