21 de setembro de 2020 Atualizado 15:29

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Agressão

Casal briga por lugar na cama e caso vai parar na polícia

Na chegada ao plantão policial os dois já estavam amigados, trocando elogios e dizendo que voltariam a morar juntos

Por Leonardo Oliveira

09 jan 2020 às 08:40 • Última atualização 09 jan 2020 às 09:05

A disputa por um lugar na cama foi o motivo da briga de um casal que terminou em agressão e foi parar na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana na noite desta quarta-feira (8). A mulher, uma dona de casa de 37 anos, diz que o companheiro estava bêbado, deitou na cama e se recusou a dar lugar para ela, o que teria gerado a confusão.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Clique aqui e envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

As informações constam no boletim de ocorrência registrado na unidade policial. Eles moram juntos, em uma casa do São Vito. A versão da mulher é de pediu ao homem, um engenheiro civil de 61 anos, que deitasse direito na cama para que ela pudesse também repousar.

Já o engenheiro conta que estava dormindo e sua mulher começou a gritar, ele pediu para que ela o deixasse dormir e a discussão não parou até que ambos começassem a se agredir.

Ele teria jogado os lençóis e a coberta em cima da dona de casa, dando início a uma discussão. Ambos se agrediram e a polícia foi acionada por vizinhos, que ouviram a briga do casal. Aos agentes, o casal disse que mora junto há um ano e que as agressões foram mútuas.

Ouça o “Além da Capa”, um podcast do LIBERAL

Na chegada ao plantão policial os dois já estavam amigados, trocando elogios. A dupla relata que é a primeira vez que isso acontece, que voltariam a morar juntos e que não entrariam com uma representação criminal pelo caso. Eles foram liberados.

Publicidade