Carro é incendiado na Vila Belvedere, em Americana

O dono do veículo vai tentar obter imagens de câmeras de segurança para saber qual foi a causa do incêndio e se há algum culpado pelo ocorrido


Um carro foi incendiado na madrugada deste sábado (29), na Vila Belvedere, em Americana. O dono, um marceneiro de 25 anos, disse que não imagina quem possa ter ateado fogo no veículo, um Fiat Palio 2001, que ficou quase totalmente queimado. “Só não queimou o capô e o motor, o resto queimou inteirinho”, relatou.

Foto: Divulgação
Veículo ficou quase que totalmente destruído após ser incendiado

O crime aconteceu na Rua Santa Teresa. O marceneiro contou à polícia que deixou o veículo em frente à casa de um amigo e que eles saíram de táxi. Por volta das 1h, o cunhado deste amigo foi acordado por um vizinho, que o alertou que o Palio estava em chamas.

O cunhado então ligou para o marceneiro, que voltou ao local. O perito da polícia que fez a vistoria disse que foi um incêndio criminal, segundo o proprietário do automóvel – a conclusão da perícia não consta no boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil.

“Ele falou que foi colocado fogo, que foi criminal mesmo, não foi nenhuma pane elétrica”, lamentou.

O marceneiro afirmou que vai tentar obter imagens da câmera de segurança de uma empresa em frente ao local onde o veículo estava estacionado. Ele diz não ter recebido nenhuma ameaça e que não tem suspeitas de quem possa ter incendiado seu carro.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora