Câmara tenta levar Eraldo para falar da Área Azul na sessão de quinta

Paralelo ao convite, vereadores e prefeitura foram convocados a participar de reunião no Ministério Público


A Câmara de Americana tenta levar o secretário adjunto de Obras e autoridade de trânsito, Eraldo Camargo, à sede do Legislativo na sessão desta quinta para falar sobre a Área Azul.

O requerimento que convocou Eraldo é de autoria de vereadores que compõem a comissão que analisa as mudanças no sistema de estacionamento rotativo e que querem questioná-lo sobre alguns pontos polêmicos, como os 20 minutos de gratuidade.

Na semana passada, Eraldo não pôde ir porque já tinha compromisso agendado, segundo a câmara. O secretário ainda não confirmou presença na sessão desta quinta. Eraldo tem sido muito criticado por membros da comissão.

Segundo a presidente da comissão da Área Azul, Maria Giovana Fortunato (PC do B), uma reunião no Ministério Público está marcada para o dia 3 de junho, às 14 horas. O promotor Ivan Carneiro Castanheiro, que conduz um inquérito sobre o assunto, mandou notificar Eraldo, o prefeito Omar Najar (MDB), Giovana, o vereador Rafael Macris (PSDB) e outras pessoas para o encontro.

Ivan investiga, entre outras coisas, por que a tarifa em Americana (R$ 2,50) é mais cara que em outras cidades, se os usuários têm sido notificados antes da aplicação da multa, o próprio aumento de abrangência do estacionamento rotativo e outros pontos.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora