Câmara devolve R$ 5,3 milhões para a Prefeitura de Americana

Se levado em conta o máximo de repasse a que teria direito, a economia chega a R$ 9,1 milhões, afirmou o presidente da Casa, vereador Luiz da Rodaben


O presidente da Câmara Municipal de Americana, Luiz da Rodaben (PP), devolveu R$ 5,3 milhões à prefeitura desde novembro. Rodaben anunciou nesta quinta-feira (19), durante a última sessão do ano, que a economia foi de R$ 9,1 milhões.

Esse valor, porém, inclui o valor total a que a câmara teria direito se usasse o total permitido por lei (o Legislativo poderia ter até 6% da receita do município). A câmara empenhou R$ 23,8 milhões até o fim do ano.

Foto: Câmara Municipal de Americana / Divulgação
Luiz da Rodaben (PP), presidente da CM, explicou devolução de valores à prefeitura

Rodaben citou, entre as medidas que permitiram a redução de gastos, a renegociação de contratos, que gerou uma economia de R$ 150 mil no ano, e o corte de alguns assessores comissionados com altos salários em janeiro. A câmara também extinguiu dez cargos comissionados em junho, por decisão da Justiça.

“Contrato, salário, gasto aqui dentro. De extremo [não tinha] nada, só economia mesmo”, afirmou o presidente da câmara.

Ano que vem, porém, com a construção da nova sede do Legislativo, não deverá haver devolução, adiantou o presidente. Porém, a projeção é de economia a longo prazo, já que a câmara paga hoje R$ 59 mil mensais de aluguel.

O novo prédio do Legislativo ficará no Jardim Terramérica. O terreno já foi cedido pela prefeitura. O valor exato de construção ainda não está fechado, porque faltam decidir detalhes técnicos.

A prefeitura não informou no que pretende usar o valor devolvido.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora