Câmara cancela reunião que definiu relator da CEI do DAE

Com a decisão, Gualter Amado deixa a relatoria da CEI; emenda apresentada por Peol mantém oitivas e amplia prazo de investigação


Foto: André Rossi - O Liberal
Foram 10 votos favoráveis, três contrários e quatro ausências

Os vereadores da Câmara de Americana aprovaram na sessão desta quinta-feira (16) um recurso ao plenário que impugnou a primeira reunião da CEI (Comissão Especial de Inquérito) do DAE (Departamento de Água e Esgoto), realizada em 3 de abril. Foram 10 votos favoráveis, três contrários e quatro ausências.

Uma emenda do vereador Pedro Peol (PV), também aprovada, garante que documentos obtidos e oitivas realizadas sejam mantidas. Estipula ainda que o período analisado seja ampliado de 2009 até o presente momento. Até então a investigação começava a partir de 2015.

Com essa decisão, a primeira reunião está cancelada e um novo encontro terá de ser convocado com sete dias de antecedência, seguindo o regimento interno. Isso faz com que seja necessária a escolha de um novo relator, já que Gualter Amado (PRB) foi escolhido para o posto na primeira reunião.

Entenda o caso

O pedido para anular a primeira reunião da CEI do DAE voltou à pauta da sessão dessa quinta-feira após um grupo de vereadores da base governista afirmar que não havia justificativa para o primeiro encontro dos membros da CEI ter sido convocado de forma extraordinária.

A reunião ocorreu no dia 3 de abril, ocasião em que o vereador Gualter Amado (PRB), da oposição, foi eleito como relator. Uma reunião extraordinária pode ser convocada com apenas 24 horas de antecedência, o que de fato ocorreu. No caso de uma reunião normal, o prazo seria de sete dias.

Na última semana, o recurso dos vereadores já estava na pauta, mas o líder de governo, Pedro Peol (PV), pediu vistas. A CEI já tinha colhido até depoimentos de diretores e funcionários do DAE, que devido a emenda de Peol, permanecem válidas.

 

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora