Boato sobre ataque faz escola acionar PM em Americana

Áudio que circulou pelo WhatsApp citava suposto ataque na Martinho Rubens Belluco, na região da Praia Azul, mas nada foi constatado pelas autoridades


Boatos sobre um suposto ataque na Escola Estadual Professor Martinho Rubens Belluco, no bairro São Benedito, região da Praia Azul, em Americana, fez com que a direção da unidade acionasse a PM (Polícia Militar) na manhã desta quarta-feira (27). Os policiais estiveram no local, mas nada foi constatado.

O LIBERAL quer saber sua opinião sobre o nosso portal. Acesse o questionário online e nos ajude a melhorar. CLIQUE AQUI PARA RESPONDER A PESQUISA.

O LIBERAL apurou que pais de alunos ficaram com medo após um áudio circular pelo WhatsApp dizendo que a escola seria alvo de um ataque similar ao que ocorreu na escola Raul Brasil, na cidade de Suzano. Alguns alunos faltaram da aula por receio.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Boato sobre ataque na Escola Estadual Professor Martinho Rubens Belluco fez com que a Polícia Militar fosse acionada nesta quarta-feira

De acordo com o comandante do 19º BPMI (Batalhão de Polícia Militar do Interior), Luiz Horácio Raposo Borges de Moraes, uma equipe foi até a escola, conversou com a direção da unidade e não constatou nenhuma ameaça. O autor do áudio não foi identificado.

A Diretoria Regional de Ensino de Americana informou por nota que, ao saber das ameaças, a equipe gestora da unidade acionou a Ronda Escolar e registrou boletim de ocorrência. As aulas ocorreram normalmente, segundo a entidade.

“Cabe reiterar que a Secretaria da Educação do Estado possui parceria com a Ronda Escolar da Polícia Militar para policiamento no entorno das unidades. As escolas estão à disposição dos pais e alunos para quaisquer dúvidas ou esclarecimentos”, disse a diretoria.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora