10 de agosto de 2020 Atualizado 15:41

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Boas Histórias

Boas Histórias: Escola Dilecta lança jornal institucional

Escola Estadual Dilecta Ceneviva Martinelli, em Americana, lança jornal impresso em parceria que uniu alunos, professores e o LIBERAL

Por André Rossi

04 dez 2019 às 09:48 • Última atualização 04 dez 2019 às 09:51

A Escola Estadual Professora Dilecta Ceneviva Martinelli, do Cidade Jardim, em Americana, lançou nesta terça-feira um jornal impresso de 16 páginas que reúne uma série de matérias sobre as atividades desenvolvidas pelos alunos durante o ano letivo. O tabloide Dilecta News foi produzido com ajuda do LIBERAL, que apoiou a edição e a diagramação do jornal.

Foram impressos 600 exemplares, que serão distribuídos para a comunidade e em escolas estaduais. Os gastos de impressão foram custeados graças ao esforço dos estudantes, que venderam anúncios para comerciantes da região.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Escola Estadual Dilecta Ceneviva Martinelli, em Americana, lança jornal impresso

O projeto foi idealizado pela professora de língua portuguesa Karen Graciele Cardozo, responsável pela disciplina eletiva de notícia jornalística. A ideia era que o jornal funcionasse como ponto de convergência para as demais disciplinas.

Ao todo, 33 alunos do 7º, 8º e 9º ano se envolveram na produção. O jornal traz artigos, matérias sobre as disciplinas, entrevistas e até mesmo uma “coluna social”.

“Eu ensinei como aplicar o conteúdo, estrutura, título, lead. A partir daí eles foram observando outras [disciplinas] eletivas, formularam perguntas para fazer para os professores responsáveis e montaram, na verdade, o conteúdo da notícia”, explicou Karen.

A aluna Isadora da Silva Campos, 14, do 9º ano, escreveu um dos artigos. Intitulado “Qual o valor de uma rosa?”. O texto analisa de forma crítica a celebração do Dia Internacional da Mulher.

“Eu tinha que fazer um texto sobre o feminismo. Sendo feminista, foi uma dificuldade porque é um conteúdo bem complexo. A gente teve uma eletiva no primeiro semestre chamada ‘Empodere-se’, que falava sobre os direitos das mulheres. Foi nisso que me inspirei para fazer o texto”, contou.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Grupo de gestores e professores participou ontem de um evento que lançou o Dilecta News

A professora Karen procurou o LIBERAL no início do segundo semestre para discutir a possibilidade de uma parceria. De acordo com o editor-executivo do LIBERAL, João Colosalle, além de assumir a edição e diagramação, o jornal auxiliou no planejamento.

“É bastante importante este estímulo do contato de estudantes com o jornal e o Jornalismo. Há bastante confusão hoje em dia em relação a quais são as fontes confiáveis de notícias, algo estimulado pelo ambiente das redes sociais. Nós, como uma empresa que pratica Jornalismo, queremos clarear essa discussão”, explicou Colosalle.

A elaboração do Dilecta News também marca o primeiro ano do ensino integral na escola. Segundo a diretora Sandra Dantas Pavan, o projeto fortalece um dos principais objetivos da instituição.

“Nossa proposta dentro desse plano era melhorar a escrita e a leitura dos alunos. Todos os professores trabalharam com essa causa raiz. A gente quer incentivar eles a escreverem, que tenham vontade, prazer pela escrita, pela leitura”.

Se você conhece uma boa história que todo mundo merece saber, conte para a gente! Ela pode virar uma reportagem no LIBERAL. Escreva para redacao@liberal.com.br ou envie mensagem para o WhatsApp do LIBERAL, no (19) 99271-2364, clicando aqui.