31 de maio de 2020 Atualizado 07:14

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Aposentada reclama de “aglomeração” no Núcleo de Especialidades de Americana

Paciente reclama que várias pessoas estavam no local aguardando atendimento e uma médica ainda demorou para chegar, o que agravou a situação

Por Marina Zanaki

29 abr 2020 às 21:10

Aposentada reclamou também da falta de orientação sobre distanciamento no Núcleo de Especialidades - Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

A aposentada Jaqueline Alves dos Santos, de 55 anos, reclamou que os pacientes que procuraram o Núcleo de Especialidades de Americana na manhã desta quarta-feira (29) não estavam respeitando distanciamento indicado para evitar contágio do novo coronavírus (Covid-19).

Ela contou que ao chegar na unidade para sua consulta, por volta das 9h, havia cerca de dez pessoas aguardando serem chamadas.

A médica demorou para aparecer e os pacientes continuaram chegando, boa parte deles idosos. Jaqueline disse que, apesar de todos usarem máscaras, não houve nenhuma orientação para manterem distanciamento.

“A gente estava tudo sentado, um atrás do outro, nessas cadeiras de recepção. Não tinha distância. Tinha ventilador ligado, mas e aí? Estou com um pouco de dor de garganta, não sei, estava todo mundo de máscara, mas seja o que Deus quiser”, afirmou.

A médica chegou apenas às 10h30, segundo a aposentada. O primeiro paciente foi chamado depois das 11h e Jaqueline foi embora diante da demora.

A Secretaria de Saúde disse que os usuários estão sendo orientados na recepção e também pela equipe de enfermagem que atende no Núcleo.

Em relação à demora, a pasta explicou que a profissional teve um problema familiar e houve um atraso de uma hora e trinta minutos no atendimento aos pacientes.