07 de agosto de 2022 Atualizado 18:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Após três anos em obras, pista de skate do Zanaga será entregue em setembro

Prefeitura ainda estuda a implantação de uma escolinha para os interessados em aprender e aperfeiçoar a modalidade

Por Maria Eduarda Gazzetta

06 de agosto de 2021, às 15h00 • Última atualização em 07 de agosto de 2021, às 07h09

Vanderlei Macris e Chico Sardelli visitaram a obra nesta sexta-feira - Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG

Após três anos em obras, a pista de skate da Praça de Esportes Roberto Polatti, no Zanaga, será entregue em setembro deste ano. Esta é a previsão da prefeitura divulgada pelo deputado federal Vanderlei Macris (PSDB) durante visita à obra de construção e reforma da pista, na manhã desta sexta-feira (6), ao lado do prefeito de Americana Chico Sardelli (PV).

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O projeto, que tem sido realizado por meio de de repasse de R$ 487 mil feito por Macris, inclui, além da construção da pista de aproximadamente 600 m², a instalação de contrapiso, mini rampa e uma sala onde as pessoas possam guardar skates e materiais.

“Agradeço ao deputado que ao longo do seus mandatos priorizou Americana. A cidade só tem a ganhar e estamos felizes com a obra” , disse o prefeito Chico Sardelli, durante a visita.

“Esperamos que até setembro entregamos a obra para a população. O skate agora é um esporte olímpico e essa pista muita completa vai servir como incentivo para as crianças da região e da cidade”, disse o parlamentar.

A secretária de Esportes, Grasiele Rezende, que também participou da visita, disse que a obra está ficando pronta em um momento oportuno. “Os Jogos Olímpicos estão aí, o skate se tornou modalidade olímpica, o Brasil vem com três medalhas, inclusive com uma menina de 13 anos, então temos certeza que vai ser um estouro. Não vemos a hora de ficar pronta para a molecada praticar a modalidade”, disse.

– Foto: Marcelo Rocha – O Liberal.JPG

A secretária informou que a pasta já tem estudos sobre a implantação de um escolinha para os interessados em aprender e aperfeiçoar a modalidade esportiva.

Os recursos foram pagos aos cofres municipais em parcelas em 2018 e 2019. De acordo com a gestão municipal, o atraso nas obras ocorreu por problemas com a empresa contratada. A retomada da construção aconteceu em março.

Publicidade