Assaltante é agredido e detido por populares

Ele roubou duas mulheres em um banco no Centro e foi detido por pessoas que presenciaram o crime; agressões só cessaram com a chegada da Gama


Um mecânico de 38 anos apanhou e foi detido por populares até a chegada da Gama (Guarda Municipal de Americana) depois de roubar duas mulheres na agência do Banco do Bradesco localizada no Centro de Americana, na tarde deste domingo (23). As agressões só cessaram com a chegada de patrulheiros.

De acordo com informações do registro policial, os guardas faziam patrulhamento pela Rua Fernando de Camargo, por volta das 14h40, quando foram abordados por uma mulher de 28 anos relatando que tinha sido vítima de roubo na agência do Bradesco, na mesma via. Ela contou que tinha sacado o valor de R$ 50 no caixa eletrônico e que um homem a havia empurrado, tomando o dinheiro de sua mão e fugindo em seguida. Os patrulheiros fizeram buscas pelas proximidades, porém não encontraram o suspeito.

Foto: João Carlos Nascimento - O Liberal
Ocorrência aconteceu na agência do Banco do Bradesco localizada no Centro de Americana

Os guardas continuaram o trabalho de patrulhamento pelo Centro e dessa vez se instalaram na Praça Comendador Muller. Às 17h40, notaram um tumulto na agência do Bradesco, que fica na Fernando de Camargo. Quando se aproximaram, encontraram o assaltante rendido por populares, que o agrediam durante a abordagem.

Aos guardas, a vítima de um segundo roubo, uma operadora de caixa de 36 anos, contou que estava no caixa eletrônico e sacou o valor de R$ 300, sendo empurrada pelo assaltante. No entanto, ela reagiu à agressão e entrou em luta corporal com o homem. Outras pessoas, ao verem a cena, entraram na briga e começaram a atacar o mecânico. Ele foi agredido e detido por populares até a chegada dos patrulheiros.

Depois de interromper as agressões, ainda seguindo o boletim de ocorrência, os guardas detiveram o mecânico. Com o homem, a guarda localizou um cartão bancário em seu nome e R$ 4 em espécie, valor este que foi devolvido para a vítima do primeiro delito.

Posteriormente o assaltante foi conduzido à CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana onde recebeu voz de prisão em flagrante por roubo. Ele foi encaminhado a cadeia de Sumaré e passaria por audiência de custódia.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora