21 de maio de 2022 Atualizado 21:14

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

COVID-19

Após problema em dados, Americana notifica mais 1.125 casos de Covid-19

De acordo com um levantamento do LIBERAL, janeiro já é o segundo mês com mais contaminações registradas desde o início da pandemia

Por João Colosalle

21 Janeiro 2022, às 15h56

A Prefeitura de Americana informou nesta sexta-feira (21) a notificação de mais 1.125 casos positivos de Covid-19. Um levantamento do LIBERAL a partir de boletins divulgados pelo município já faz de janeiro deste ano o segundo com mais contaminações registradas desde o início da pandemia, em março de 2020.

Show more

A grande quantidade de casos notificados nesta sexta ocorre após instabilidade no sistema E-Sus, do governo federal, que dificultou a contabilidade dos diagnósticos no município. Os dados estavam represados desde segunda-feira (17). Nos últimos dias, a prefeitura vinha confirmando menos de 10 casos diários.

Com a atualização, o município acumula 31.139 confirmações da doença desde o começo da pandemia. Em janeiro, seriam ao menos 3,1 mil casos positivos, conforme dados divulgados pela prefeitura e compilados pelo LIBERAL, o que faria do mês o segundo pior da crise sanitária, atrás apenas de junho de 2021, quando foram notificados cerca de 4 mil casos.

Nesta sexta-feira, quando a cidade completou um ano do início da vacinação contra a Covid-19, eram 1.607 pessoas em isolamento domiciliar, segundo a prefeitura.

Como o LIBERAL já mostrou, apesar do alto número de diagnósticos positivos, a quantidade de mortes tem se mantido abaixo da média dos últimos meses, por conta da vacinação. Em janeiro, a prefeitura informou sete óbitos até agora. Em 2021, 27 haviam morrido entre 1º e 21 de janeiro. Desde o começo da pandemia, foram 865.

Internações

Os níveis de ocupação dos hospitais cresceram em relação à semana anterior, em Americana, mas encontraram certa estabilidade nesta semana.

Entre os dias 10 e 14 de janeiro, a ocupação de leitos variou de 30 para 44 nos quatro hospitais – municipal, Unimed, São Lucas e São Francisco. Já nesta semana – de 17 a 21 -, a ocupação variou de 50 a 55, segundo um levantamento do LIBERAL em dados da prefeitura.

Show more

No total, nesta sexta-feira, eram 36 leitos intensivos com respiradores disponíveis e 19 ocupados. E 65 leitos de enfermaria disponíveis e 36 ocupados.

Veja a ocupação por hospitais nesta sexta-feira (21), segundo a prefeitura

No Hospital Municipal, a taxa de ocupação é de 90% para leitos com respiradores (de 10 no total, 9 ocupados) e 95,45% sem respiradores (de 22 no total, 21 ocupados).

No Hospital São Lucas, a taxa de ocupação é de 80% para leitos com respiradores (de 5 no total, 4 ocupados) e 6,25% para leitos sem respiradores (de 16 no total, 1 ocupado).

No Hospital São Francisco, a taxa de ocupação é 13,33% para leitos com respiradores (de 15 no total, 2 ocupados) e 21,43%% sem respiradores (de 14 no total, 3 ocupados).

No Hospital Unimed, a taxa de ocupação é de 66,67% para leitos com respiradores (de 6 no total, 4 ocupados) e de 84,62% para leitos sem respiradores (de 13 no total, 11 ocupados).

Publicidade