22 de outubro de 2021 Atualizado 18:22

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Previsão

Após frente fria prevista para o final de semana, calor deve bater recorde

Região terá uma queda na temperatura até sábado, com possibilidade de chuva, mas há previsão de 39°C para a próxima terça

Por Rodrigo Alonso

09 set 2021 às 07:34 • Última atualização 09 set 2021 às 11:59

O calor, que bateu recorde nesta quarta-feira, dará uma trégua aos moradores da RPT (Região do Polo Têxtil), mas deve retornar com ainda mais intensidade na próxima semana.

Termômetro em Americana nesta quarta: calor deve continuar com mais intensidade, depois da passagem de uma frente fria – Foto: Ernesto Rodrigues / O Liberal

Uma frente fria vai aliviar o clima entre hoje e sábado, com possibilidade de chuva. Porém, a temperatura voltará a subir a partir de domingo. Segundo o Climatempo, o pico deve ser entre terça e quarta da próxima semana, com máxima de 39°C.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A pesquisadora Ana Ávila, do Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), tem outra previsão. De acordo com ela, a temperatura não deve passar de 38°C, o que já seria a maior de 2021.

“Nesta época do ano, pode acontecer [o recorde]. A gente já tem registro de outros anos. E isso pode acontecer, sim, na próxima semana”, disse ontem.

Ana apontou que a região já viveu seu dia mais quente no ano nesta quarta, quando o Cepagri acusou máxima de 35,6°C, às 15h10.

Nesta quinta, devido à passagem de uma frente fria pelo Estado, a tendência é de nebulosidade, com expectativa de chuvas no período da tarde. O Climatempo prevê máxima de 32°C e mínima de 20°C.

A região tem vivido uma grande escalada de temperatura nesta semana – Foto: Ernesto Rodrigues / O Liberal

Para sexta e sábado, o Cepagri espera chuvas recorrentes e temperaturas ainda menores. Como não há indicativos de entrada de ar polar na região, já no domingo, as temperaturas devem aumentar, conforme nota divulgada pelo órgão vinculado à Unicamp. A região tem vivido uma grande escalada de temperatura nesta semana.

O Cepagri registrou máxima de 32,5°C no domingo, 33,4°C na segunda e 34,2°C na terça. Nesta quarta, até o período da tarde, a umidade mínima tinha sido de 27,8%.

O órgão recomenda, em caso de índice inferior a 30%, “ingestão abundante de líquidos, umidificação de ambientes, hidratação da pele e de mucosas (nariz e olhos)”.

Publicidade