23 de junho de 2021 Atualizado 21:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Após casos de Covid-19, creche Tio Franchi retoma as aulas presenciais

Escola suspendeu as atividades no dia 25 de maio por conta de um caso suspeito de coronavírus

Por Ana Carolina Leal

07 jun 2021 às 15:43

Creche atende 180 crianças a partir de 1 ano e 2 meses até 3 anos e meio - Foto: Ernesto Rodrigues / O Liberal

A Creche Tio Franchi, no Jardim Ipiranga, em Americana, retomou as aulas presenciais nesta segunda-feira (7). A escola suspendeu as atividades no dia 25 de maio por conta de um caso suspeito de coronavírus (Covid-19). De acordo com a diretora e presidente da unidade, Lúcia Helena Sartori Sodré, dois alunos de idade e salas distintas testaram positivo para doença.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Uma das salas retornou hoje [segunda-feira] e a outra volta na quarta, quando termina o período de 14 dias”, disse. Segundo Lúcia, nenhum dos alunos que contraíram o vírus vai retornar por enquanto. “A Vigilância Epidemiológica disse que não foi surto e que as crianças não se contaminaram na escola”, explicou, acrescentando que nenhuma professora ou profissionais de apoio da creche testaram positivo para a doença.

Em um primeiro momento, apenas um estudante havia apresentado sintomas da Covid-19. Os pais dele contraíram o vírus e a criança também testou positivo. Dias depois, a mãe de um outro aluno procurou a direção da escola para informar que o marido dela estava com coronavírus. A criança, de turma diferente da outra, também foi contaminada.

“As crianças que estão com coriza ou apresentam qualquer sintoma de gripe não estão vindo. Hoje [nesta segunda-feira] temos 30 alunos, mas podemos atender 35% da capacidade, o que daria 60 crianças. Mas nem todas estão vindo. Alguns pais optaram por ficar com os filhos em casa até a situação melhorar”, afirmou Lúcia.

A Creche Tio Franchi é uma instituição filantrópica sem fins lucrativos. Atende 180 crianças a partir de 1 ano e 2 meses até 3 anos e meio. Ela é uma das unidades contratadas pela prefeitura para atender a demanda de creches na cidade.

As aulas presenciais na rede municipal de ensino de Americana voltaram no dia 24 de maio, de forma gradual e não obrigatória. Até então, as atividades escolares estavam sendo realizadas remotamente desde março do ano passado por conta do crescimento do número de casos de Covid-19.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Publicidade