Após 51 horas, DAE finaliza conserto e retoma abastecimento

Adutora que leva água bruta do Rio Piracicaba até a estação de tratamento se rompeu na última terça


Foto: João Carlos Nascimento - O Liberal.JPG
DAE fechou buraco nesta sexta

Após 51 horas de trabalho, O DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Americana concluiu na manhã desta sexta-feira o reparo na adutora que leva a água bruta do Rio Piracicaba até a ETA (Estação de Tratamento de Americana) e o sistema de abastecimento da cidade voltou a funcionar. A regularização será gradativa, e a previsão é que a situação esteja totalmente normalizada até domingo, segundo o DAE.

Ontem, o LIBERAL recebeu relatos de que a água retornou em ao menos 30 bairros. O envio da água da estação de captação no rio até a ETA foi retomado por volta do meio-dia.

O problema tinha afetado toda a cidade porque aconteceu na única adutora que leva a água do Rio Piracicaba até a estação de tratamento.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp

Da ETA a água é enviada aos reservatórios e em seguida às casas. Para um especialista ouvido pelo LIBERAL, é comum que cidades com apenas uma fonte de captação, como Americana, tenham apenas uma adutora.

O problema ocorreu por que um dos canos que formam a adutora se movimentou e o anel de vedação de borracha que o ligava ao tubo seguinte rasgou no local.

O término do reparo, inicialmente previsto para quarta, foi adiado quatro vezes. A justificativa foi a dificuldade da operação. O local é cercado de tubulações de gás, telefone e esgoto, e o espaço para atuação era restrito.

Ouça o “Além da Capa”, um podcast do LIBERAL

O prefeito Omar Najar (MDB) disse ontem que a entrega de quatro novos reservatórios, prevista para este ano, deve aliviar a situação em casos assim. “Hoje estamos no limite, não temos reservatório suficiente para atender a população no caso de um imprevisto desse.”

A prefeitura vai instalar quatro novos tanques de água de 2,5 milhões de litros cada no Jardim São Roque, Jd. Brasil, Jd. São Luiz e Chácara Letônia, o que ampliará a capacidade em 30%. “Nós vamos ter um período maior para manter a cidade abastecida, enquanto isso estamos no limite”. (colaborou André Rossi)

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora