Aparelho digital de raio X é entregue no HM de Americana

Equipamento teve investimento de R$ 250 mil, custeado por meio de verba federal


O Hospital Municipal Doutor Waldemar Tebaldi, em Americana, recebeu nesta segunda-feira um aparelho de raios X que produz imagens digitais. A máquina teve um investimento de R$ 250 mil e foi custeada com verba federal.

Esse equipamento, chamado arco cirúrgico móvel, será usado em cirurgias diversas, como urologia, ortopedia e neurologia e implantes de marca passos. O HM já possui um arco cirúrgico, mas o novo equipamento tem o diferencial de poder ser utilizado em cirurgias vasculares.

Foto: Marilia Pierre / Prefeitura de Americana
Prefeito e deputado durante entrega

De acordo com a encarregada técnica da Radiologia do HM, Fabiana Chaves, esse novo arco cirúrgico vai permitir que duas cirurgias possam ser feitas ao mesmo tempo.

“Temos cinco salas em nosso Centro Cirúrgico, mas com apenas um equipamento desses, necessário na maioria dos procedimentos, tínhamos que adiar uma cirurgia eletiva quando surgia alguma emergência”, explicou Fabiana.

A entrega oficial contou com a presença do prefeito Omar Najar (MDB) e do deputado federal Vanderlei Macris (PSDB) – o parlamentar foi quem protocolou o pedido da verba junto ao ex-presidente Michel Temer (MDB). Foram liberados R$ 5 milhões, usados para compra de vários aparelhos.

“São equipamentos obsoletos que foram atualizados, vão fazer uma diferença muito grande no atendimento para a população”, afirmou o prefeito ontem.

“Com equipamentos de primeiro mundo, o novo pronto socorro que dará mais dignidade para atendimento população e motivando funcionários para dar melhor atendimento à população, aliando esses fatores a gente consegue recuperar a credibilidade que Americana sempre teve em termos de saúde pública”, disse o deputado federal.

Por meio da verba federal, já foram compradas duas mesas cirúrgicas (R$ 56 mil); quatro aparelhos de fototerapia (R$ 21 mil); 12 berços para recém-nascidos (R$ 13 mil); um berço para recém-nascido com fototerapia (R$ 12 mil); e duas incubadoras neonatal (R$ 56 mil).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora