Americana tem nova morte suspeita por dengue

A vítima desta vez, um homem de 79 anos, morava no bairro Santa Maria; esta é a terceira morte registrada com suspeita da doença neste ano na cidade


A Prefeitura de Americana divulgou nesta quinta-feira (2) que um homem diagnosticado com dengue morreu por febre hemorrágica. A vítima, de 79 anos, é moradora do bairro Santa Maria. Esta é a terceira morte com suspeita da doença este ano na cidade.

Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG
Desde o início do mês, a prefeitura tem realizado nebulização com inseticida nos imóveis de Americana

“A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que Americana tem mais um óbito por febre hemorrágica, com investigação de probabilidade para dengue. O paciente G.A.O., 79 anos, morador do bairro Santa Maria, foi atendido pelo Hospital da Unimed, no dia 1º de maio de 2019, e foi a óbito no mesmo dia, não ficando internado”, informou a prefeitura. A reportagem apurou que o paciente recebeu o diagnóstico de dengue antes de morrer.

Casos. Um homem de 69 anos, morador do São Domingos, e outro de 43 que morava no Cariobinha, também morreram por febre hemorrágica. O município investiga dengue, febre amarela, febre maculosa e leptospirose. Americana vive uma epidemia da doença, com 1.251 casos confirmados desde o início do ano e outros 491 em investigação.

 

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!