Americana suspende todos os eventos por tempo indeterminado

Medida é válida para cultos religiosos, confraternizações, cursos e palestras, espetáculos e festivais; restrição total era debatida desde terça-feira


A Prefeitura de Americana publicou nesta quinta-feira (19) novo decreto sobre o combate da cidade à pandemia de coronavírus. As determinações já estão em vigor.

O terceiro decreto do prefeito de Americana, Omar Najar (MDB), suspende todos os eventos da cidade, em local aberto ou fechado, que promova aglomeração de pessoas. A medida é válida para cultos religioso, festas e confraternizações, cursos e palestras, espetáculos e festivas.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Decreto da prefeitura

O documento foi publicado no Diário Oficial Eletrônico, no site da prefeitura. Conforme publicado pelo LIBERAL, a possibilidade de restringir todos os eventos já era discutida desde terça-feira (17) pelo Comitê de Gestão de Crise.  O primeiro decreto de estado de atenção, instaurado no domingo (15), permitia eventos com até 100 pessoas.

Na quarta-feira (18), o segundo decreto da administração citava que o horário dos ônibus municipais seria regulamentado.

O novo decreto volta a citar tal determinação, mas ainda não especifica qual será a programação. Uma reunião entre prefeitura e Sancetur, empresa responsável pelo serviço, foi realizada hoje, mas o resultado ainda não foi divulgado.

Americana não tem nenhum caso confirmado até agora. O município investiga nove suspeitas.

Veja abaixo os detalhes dos pacientes em Americana, segundo informações da prefeitura:

Criança do sexo masculino, de 3 anos, moradora do Jardim Girassol, que esteve na China. A suspeita foi notificada no dia 30 de janeiro. Resultado do exame: descartado

Mulher, de 42 anos, moradora do bairro Jaguari, que esteve na Itália. A suspeita foi notificada no dia 4 de março. Resultado do exame: descartado

Homem, de 26 anos, morador do bairro Nossa Senhora do Carmo, que esteve na Itália. A suspeita foi notificada no dia 6 de março. Resultado do exame: descartado

Mulher, de 28 anos, moradora do bairro Santa Catarina, que esteve na Itália. A suspeita foi notificada no dia 6 de março. Resultado do exame: descartado

Mulher, de 42 anos, moradora do Jardim Thelja, que esteve em Nova York e Orlando, nos Estados Unidos. A suspeita foi notificada no dia 13 de março. Ela aguarda o resultado do exame.

Mulher, de 34 anos, moradora do Jardim Alvorada, que esteve em Nova York e Orlando, nos Estados Unidos. A suspeita foi notificada no dia 13 de março. Ela aguarda o resultado do exame.

Mulher, de 44 anos, moradora do Jardim São Domingos, que trabalha no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, em Americana. A suspeita foi notificada nesta segunda-feira, 16 de março. Ela aguarda o resultado do exame.

Homem, piloto de avião, de 26 anos, morador da Cidade Jardim, que esteve em aeroportos. A suspeita foi notificada nesta segunda-feira, 16 de março. Ele aguarda o resultado do exame.

Mulher, comerciante, de 52 anos, moradora do bairro Dona Judith, que esteve na 25 de Março, em São Paulo. A suspeita foi notificada nesta segunda-feira, 16 de março. Ela aguarda o resultado do exame.

Criança do sexo feminino, de 2 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A criança esteve no Catar. A suspeita foi notificada nesta terça-feira, 17 de março. Ela aguarda o resultado do exame.

Homem, de 30 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado e que teve contato com um paciente de São Paulo com exame positivo para coronavírus. A notificação ocorreu nesta terça-feira, 17 de março. Ele aguarda o resultado do exame.

Mulher, de 27 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado e que teve contato com um paciente de São Paulo com exame positivo para coronavírus. A notificação ocorreu nesta quarta-feira, 18 de março. Ela aguarda o resultado do exame.

Mulher, de 42 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado. Ela esteve nos  Estados Unidos. A notificação ocorreu nesta quinta-feira, 19 de março. Ela aguarda o resultado do exame.

Além da Capa, o podcast do LIBERAL

A edição de número #27 do podcast ‘Além da Capa’ traz a experiência de ex-moradores de Americana que hoje vivem em países onde o novo coronavírus já se alastrou de maneira mais ampla, revelando um pouco mais sobre este problema em crescimento no Brasil. Ouça:

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora