17 de janeiro de 2021 Atualizado 18:26

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

MAIS SECO

Americana registra redução no volume de chuva em 2020

Choveu menos no ano passado do que em 2019, segundo dados disponibilizados pelo Ciiagro; queda foi de 7,3%

Por Rodrigo Alonso

06 jan 2021 às 15:27 • Última atualização 06 jan 2021 às 19:25

De acordo com o órgão, choveu 1.353,3 mm em 2019 e 1.254,23 no ano passado - Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG

Americana teve redução no volume acumulado de chuva em 2020 em comparação ao ano anterior, segundo dados do Ciiagro (Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas). De acordo com o órgão, choveu 1.353,3 mm em 2019 e 1.254,23 no ano passado. Houve queda de 7,3%.

“As frentes frias passaram mais fracas pelo oceano, com pouca atividade chuvosa”, justificou Ana Ávila, pesquisadora do Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

Ela apontou que o volume ficou abaixo da média em 2020. “O outono já começou seco. Em março, praticamente, não choveu nada. Outono foi com chuvas abaixo da média. O inverno e a primavera também. Aliás, até o verão. Praticamente, todos os meses do ano foram com chuvas abaixo da média”, disse.

Em março de 2020, mês citado por Ana, choveu 59,94 mm, 73,2% a menos do que no mesmo período de 2019, quando a precipitação acumulada foi de 223,52 mm.

Região

Mais três cidades da RPT (Região do Polo Têxtil) registraram diminuição, com destaque para Sumaré, onde o volume caiu 30,9% (de 714,48 mm para 493,51 mm).

A BRK Ambiental, empresa responsável pelo serviço de água na cidade, comunicou que, apesar dessa redução em 2020, o abastecimento se manteve regular. “A concessionária acompanha, em tempo real, os níveis dos mananciais que abastecem a cidade que, no momento, estão dentro da normalidade para o período”, informou em nota ao LIBERAL.

Os outros dois municípios são Nova Odessa, com 10,2% (de 1.159,14 mm para 1.040,55 mm), e Santa Bárbara d’Oeste, com 5,8 % (de 1.247,16 mm para 1.174,76 mm). Apenas Hortolândia registrou aumento, na ordem de 86,7% (de 408,18 mm para 762,25 mm).

Publicidade