28 de julho de 2021 Atualizado 11:02

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Americana registra recorde de internados desde o início da pandemia

Quatro hospitais com leitos para pacientes com Covid ou suspeita registram 195 internados nesta quarta-feira

Por Marina Zanaki

09 jun 2021 às 18:15 • Última atualização 09 jun 2021 às 18:17

Os três hospitais particulares registram lotação máxima de respiradores e enfermarias - Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Os quatro hospitais de Americana com leitos para pacientes com Covid ou suspeita da doença registram volume recorde de internados nesta quarta-feira (9). São no total 195 pessoas hospitalizadas, das quais 94 estão com respiradores e 101 em enfermarias. Esse é o maior número desde o início da pandemia.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Até então, o dia com mais internados havia sido 31 de março, com 193 pessoas. O levantamento foi realizado pelo LIBERAL com base nos boletins diários divulgados pela Prefeitura de Americana. Durante o ápice da primeira onda, em 2020, o número total de internados não ultrapassou 100 pessoas.

O LIBERAL mostrou que o total de internados esta semana já alcançou o segundo pico da pandemia. Entre terça e quarta-feira, foram registradas 12 novas internações.

Nesta quarta-feira, o Hospital Municipal tem 22 pacientes em leitos com respiradores, e possui quatro aparelhos vagos. Na enfermaria, todos os 30 leitos estão ocupados e mais três foram mobilizados para atender a demanda.

Os três hospitais particulares registram lotação máxima de respiradores e enfermarias. Apenas no Hospital São Lucas consta um leito clínico (sem respirador) vago.

No Hospital São Francisco, 16 pessoas estão em respiradores e 20 na enfermaria. No Hospital Unimed, são 33 utilizando respiradores e outros 33 em leitos clínicos. No Hospital São Lucas, são 23 pacientes em leitos intensivos e 15 na enfermaria Covid.

Os dados dos quatro hospitais incluem moradores de Americana e de outras cidades da região.

Vigilância informa mais 10 mortes
Americana registrou mais 10 óbitos de pessoas contaminadas pelo coronavírus

  • Homem de 73 anos que morava no Jardim Guanabara. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 7de junho. Era hipertenso;
  • Homem de 55 anos que morava no Jardim Santana. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 4 de junho. Sem informação de comorbidade;
  • Homem de 56 anos que morava no bairro Santa Maria. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 2 de junho. Sem informação de comorbidade;
  • Homem de 60 anos que morava no Jardim dos Lírios. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 7 de junho. Sem informação de comorbidade;
  • Homem de 50 anos que morava na Cidade Jardim. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 3 de junho. Era hipertenso;
  • Mulher de 59 anos que morava no Antonio Zanaga. Estava internada no Hospital Municipal e faleceu em 7 de junho. Sem informação de comorbidade;
  • Homem de 31 anos que morava na Vila Belvedere. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 7 de junho. Sem informação de comorbidade;
  • Mulher de 65 anos que morava na Cidade Jardim. Estava internada no Hospital Municipal e faleceu em 5 de junho. Sem informação de comorbidade;
  • Homem de 39 anos que morava no bairro Santo Antônio. Estava internado em hospital particular de Americana e faleceu em 2 de junho. Sem informação de comorbidade;
  • Mulher de 88 anos que morava no Parque Gramado. Estava internada no Hospital Municipal e faleceu em 7 de junho. Era hipertensa.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Foram contabilizadas mais 287 infecções pelo coronavírus nesta quarta-feira, incluindo os 10 óbitos. O quadro geral da Covid-19 em Americana é de 19.806 casos positivos, sendo 48 internados, 593 óbitos, 751 em isolamento domiciliar e 18.414 recuperados.

Publicidade