07 de julho de 2020 Atualizado 11:09

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

covid-19

Americana registra mais três casos suspeitos do novo coronavírus

Pacientes são uma profissional de saúde de 44 anos, um piloto de avião de 26 anos e uma comerciante de 52 anos

Por Marina Zanaki

16 mar 2020 às 18:03

A vigilância epidemiológica de Americana notificou mais três casos suspeitos de coronavírus (Covid-19), nesta segunda-feira (16), cujos pacientes foram atendidos no Hospital Municipal “Dr. Waldemar Tebaldi” (HM). Atualmente, são cinco casos monitorados na cidade.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

Segundo o órgão municipal, nesta segunda-feira seis pacientes chegaram a ser investigados com suspeita da doença. Contudo, após apuração, a vigilância constatou que apenas três se enquadravam nos critérios.

Os pacientes são uma profissional de saúde de 44 anos, que teve contato com casos suspeitos; um piloto de companhia aérea, de 26 anos, que esteve em contato com passageiros vindos de diversas regiões afetadas pelo novo vírus; e uma comerciante de 52 anos que manteve contato com uma pessoa vinda da China. Os três pacientes estão em isolamento domiciliar.

Com essas novas notificações, sobe para nove o total de casos suspeitos, sendo que quatro deles o resultado de exame laboratorial descartou a Covid-19, restando cinco casos em andamento. Até a semana passada, a prefeitura vinha divulgando também um caso suspeito que não chegou a ser contabilizado pela vigilância, uma vez que não se enquadrou nos parâmetros utilizados pelo Ministério da Saúde.

Foto: Divulgação - Prefeitura de Americana
Com essas novas notificações, sobe para nove o total de casos suspeitos, sendo que quatro deles já foram descartados

“Os sintomas da Covid-19 são característicos de uma gripe forte, sendo os principais a febre, tosse e falta de ar. Alguns pacientes relatam dor de garganta, dores musculares, coriza e cansaço. O quadro pode variar de leve a moderado, dependendo de cada pessoa, sendo que a maioria dos casos graves está relacionada à população idosa ou com problemas de saúde preexistentes. Nesse caso, pode ocorrer síndrome respiratória aguda grave e complicações, podendo levar à morte”, explicou a prefeitura.

Saiba tudo sobre o coronavírus, o que ele provoca e como se prevenir

“Para se evitar a doença é de extrema importância adotar alguns cuidados básicos como, lavar as mãos com sabão, esfregando-as por pelo menos 20 segundo; evitar contato com pessoas doentes; não tocar olhos, nariz ou boca sem antes lavar as mãos; sempre cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; não compartilhar objetos de uso pessoal, principalmente talheres, pratos, copos ou garrafas e manter os ambientes bem ventilados”, orientou a Secretaria de Saúde.