02 de março de 2021 Atualizado 11:48

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Americana registra mais duas mortes e chega a 242 vítimas da pandemia

Vítimas informadas são um homem de 61 anos, do Jardim Progresso, e uma mulher de 83, do Jardim São Sebastião

Por Marina Zanaki

22 jan 2021 às 18:59 • Última atualização 22 jan 2021 às 21:19

A Prefeitura de Americana informou nesta sexta-feira (22) mais duas mortes pelo novo coronavírus (Covid-19) e contabiliza 242 vítimas da pandemia.

Um dos óbitos foi de um homem de 61 anos, morador do Jardim Progresso, que estava internado no Hospital Municipal e faleceu no dia 14 de janeiro. Ele era diabético e também portador de doença cardiovascular crônica.

A outra vítima era uma mulher de 83 anos, moradora do Jardim São Sebastião, que estava internada no Hospital Municipal e faleceu no dia 12 de janeiro. Ela era hipertensa e tinha problemas cardíacos.

A Vigilância Epidemiológica informou que o sistema do Ministério da Saúde (E-SUS) continua apresentando problemas no filtro para os casos positivos e negativos.

Americana também registrou seis novos casos suspeitos de Covid-19, de pacientes internados aguardando resultados dos exames.

O quadro geral da Covid-19 em Americana é de 9.868 casos positivos, sendo 9 internados, 242 óbitos, 89 em isolamento domiciliar e 9.528 recuperados.

Ocupação de leitos
Nesta sexta-feira (22), a taxa geral de ocupação de leitos para Covid-19 no município é de 46% de leitos com respiradores (de 56 no total, 26 estão ocupados) e de 46% de leitos sem respiradores (de 71 no total, 33 estão ocupados).

Esses percentuais incluem tanto a rede pública quanto privada.

No Hospital Municipal a taxa de ocupação, a enfermaria segue com 100% dos leitos internados (todos os 18 leitos ocupados) e os respiradores têm 41% de ocupação (de 17 no total, 7 estão ocupados).

No Hospital São Lucas, a taxa de ocupação de leitos é de 80% com respiradores (de 10 no total, 8 estão ocupados) e 12% sem respiradores (de 17 no total, 2 estão ocupados).

No Hospital São Francisco, a taxa é de 27% de leitos com respiradores (de 15 no total, 4 estão ocupados) e de 28% sem respiradores (de 18 no total, 5 estão ocupados).

Por fim, no Hospital Unimed, a taxa é de 50% de leitos com respiradores (de 14 no total, 7 estão ocupados) e de 44% de leitos sem respiradores (de 18 no total, 8 estão ocupados).

Publicidade