16 de outubro de 2021 Atualizado 14:50

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

CORONAVÍRUS

Americana recebe novo lote recorde de vacinas e avança com a segunda dose

Depois de receber 14.700 imunizantes na semana passada, agora são mais 17.444 doses da CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer

Por Pedro Heiderich

22 jul 2021 às 17:18 • Última atualização 22 jul 2021 às 17:20

Americana já começou a vacinar 29 anos; calendário estadual previa faixa dos 20 anos só em agosto – Foto: Divulgação/Prefeitura de Americana

Americana recebeu novo lote recorde de vacinas contra o coronavírus (Covid-19) e avança com a segunda dose.

Depois de receber 14.700 imunizantes na semana passada para dar início a imunização dos maiores de 30 anos, agora o município recebeu nesta quinta-feira (22) um lote com 17.444 doses.

Ao todo foram 13.510 doses das vacinas CoronaVac/Butantan e AstraZeneca/Oxford, para uso de segunda dose, além de 3.130 doses da AstraZeneca/Oxford e 804 da Pfizer, para a primeira dose.

Segundo a Secretaria de Saúde de Americana, com a remessa, será ampliada a imunização da segunda dose para 43 a 49 anos. As novas doses “possibilitam a continuidade da primeira aplicação, bem como ampliar a segunda dose em outras faixas etárias”, destaca a pasta.

No sábado (17), primeiro dia de vacinação dos 30 anos, Americana bateu recorde de vacinas aplicadas em um dia, com 4,4 mil doses. O município adiantou novamente o calendário estadual e começou nesta quinta (22) a vacinar pessoas de 29 anos.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Nesta sexta-feira (23) o esquema de vacinação é o seguinte:

Primeira dose: moradores com 29 anos ou mais, gestantes e puérperas, pessoas com deficiência permanente e profissionais da Educação, todos com 18 anos ou mais.

Segunda dose: moradores de 43 e 49 anos, idosos com 60 anos ou mais, profissionais de saúde, profissionais da Educação com 45 anos ou mais, além de pessoas com comorbidade, com 18 anos ou mais.

O agendamento estará disponível a partir das 14h desta quinta-feira, por meio do site da prefeitura, clicando aqui.

Mais de mil faltosos

Segundo apurado pela reportagem junto à Vigilância Epidemiológica de Americana, na última atualização do sistema, em 2 de junho, haviam 1.141 faltosos da segunda dose da vacina no município.

A pasta alega porém que, de lá para cá, alguns nomes verificados como faltosos tomaram a segunda dose e o número pode ser menor.

De acordo com a Vigilância, o sistema apresenta problema e não é possível informar o número atualizado de faltosos. O problema no sistema já foi relatado à Prodesp, responsável do estado.

As justificativas apresentadas à Vigilância sobre as faltas são, problemas de saúde, esquecimento, falta de tempo, entre outras situações.

Se antes, eram os profissionais de saúde a maioria, agora são os idosos, com 63%, seguidos de 34% de profissionais de saúde e 3% de profissionais de educação.

Publicidade