26 de fevereiro de 2021 Atualizado 01:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Mosquito

Americana prorroga contrato com empresa de combate à dengue

Americana teve o primeiro caso em 2021 no Machadinho

Por Marina Zanaki

04 fev 2021 às 07:14 • Última atualização 04 fev 2021 às 10:55

A Secretaria de Saúde de Americana assinou um aditamento do contrato com a Sime Prag do Brasil para ações de combate à dengue no município.
A empresa deve fornecer funcionários para realizar visitas casa a casa, identificar possíveis focos de dengue e também orientar a população.

O contrato com a Sime Prag foi assinado em 2019, com validade inicial de dois anos, e permitia prorrogação. O valor é de R$ 588 mil para o período de 12 meses de trabalho, com previsão de até 40 mil imóveis visitados a cada mês, o que inclui terrenos, empresas e estabelecimentos comerciais. No ano passado, esse mesmo contrato foi utilizado no prazo de seis meses.

O contrato já foi empenhado e nos próximos dias a empresa deve iniciar as atividades junto ao PMCD (Programa Municipal de Controle da Dengue).

Após viver seu terceiro pior surto de dengue em 2019, Americana reduziu 85% dos casos no ano passado. Foram 671 contaminações pela doença e nenhuma morte em 2020. Este ano, a RPT (Região do Polo Têxtil) registra oito casos confirmados de dengue.

Americana teve o primeiro caso em 2021 no Machadinho. No primeiro mês de 2020 foram 48.

Santa Bárbara teve quatro casos neste ano, contra 69 no mesmo mês de 2020. Nova Odessa registrou três suspeitos, sendo que Hortolândia teve três casos em 2021. Sumaré não respondeu.

Publicidade