Americana foi atingida por ‘chuva de raios’ na terça-feira

Grupo de Eletricidade Atmosférica considerou o número elevado em função do horário e do curto espaço de tempo em que os raios foram registrados


Americana foi atingida por 80 raios na última na última terça-feira, com a maior incidência entre 12 e 16 horas. Os dados são do Elat (Grupo de Eletricidade Atmosférica) do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), que considerou o número elevado em função do horário e do curto espaço de tempo em que os raios foram registrados. Segundo o órgão, a ocorrência do fenômeno é mais comum no período noturno.

Foto: Rafaela Beckman de Souza / Divulgação
Americana foi atingida por 200 raios este mês

Desde o dia 1º de janeiro até ontem, às 13 horas, o município foi atingido por 200 raios, quase metade deles apenas na terça-feira. O Elat considera alta a incidência acima de 100 raios num período de 24 horas, o equivalente a 4,16 raios a cada hora. Na terça-feira, durante o período de maior incidência, foram 20 raios para o solo por hora em Americana.

“Neste caso, consideramos a incidência alta em função do horário do dia em que as descargas foram detectadas para um município no período de 24 horas”, avaliou o Elat/Inpe em nota. Durante os meses de verão é comum a ocorrência de tempestades acompanhadas por raios, relâmpagos e trovões. O total de 200 raios entre 1º e 10 de janeiro foi considerado normal pelo órgão, levando em conta a época do ano e o número de dias.

CUIDADOS

Nos casos de tempestades com raios, o Elat chama a atenção para os cuidados a serem observados como medida de proteção para quando se está em área aberta ou dentro de casa. Na rua, as pessoas não devem ficar embaixo de árvores ou em coberturas como pontos de ônibus e varandas. O ideal, segundo o órgão, é buscar abrigo em veículos fechados, moradias e prédios ou em abrigos subterrâneos (estações de metrô ou túneis).

Se possível, devem ser evitados também certos locais considerados extremamente perigosos durante uma tempestade, como campos de futebol e quadras esportivas e proximidade de árvores isoladas. Dentro de casa, não se deve utilizar aparelhos conectados à energia (exemplo: celular) ou, ainda, ficar próximo ou tocar aparelhos conectados à energia, tomadas, janelas e portas metálicas. A recomendação é para evitar também tocar em qualquer equipamento elétrico ligado à rede de energia.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora