23 de Maio de 2020 Atualizado 15:14

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

covid-19

Americana descarta seis casos suspeitos de coronavírus

Dois novos casos suspeitos da doença foram notificados: um bebê de 11 dias, internado em hospital particular, e uma profissional de saúde de 38 anos

Por Marina Zanaki

30 mar 2020 às 16:02 • Última atualização 30 mar 2020 às 22:52

Americana descartou seis casos do novo coronavírus (Covid-19) e registrou duas novas notificações. De acordo com o boletim divulgado nesta segunda-feira (30) pela Vigilância Epidemiológica, a cidade tem 31 casos suspeitos aguardando resultado de exames.

Clique aqui e se inscreva no nosso canal do Telegram e receba as notícias no seu celular!

Dos exames descartando a doença, dois foram recebidos do Instituto Adolfo Lutz. As notificações são de 13 de março e as pacientes são duas mulheres que estiveram nos Estados Unidos. Elas têm 34 e 42 anos.

Os demais casos descartados são de quatro profissionais da saúde. Segundo o boletim, os exames foram feitos por laboratório particular. As notificações descartadas são de dois homens (de 28 e 60 anos) e de duas mulheres (de 36 e 42 anos).

Saiba tudo sobre o coronavírus, o que ele provoca e como se prevenir

As novas notificações são de um bebê de 11 dias que está internado em um hospital particular de Americana e de uma mulher de 38 anos que é profissional da saúde. Ela está em isolamento domiciliar.

Desde a semana passada, Americana está coletando amostra para exame apenas de pacientes internados e de profissionais da saúde. A medida atende à determinação da Secretaria do Estado da Saúde, pois não há testes suficientes para todos os casos suspeitos.

Podcast: Sete edições do Além da Capa para ouvir durante a quarentena

Dos pacientes que aguardam resultados na cidade, 25 estão em isolamento domiciliar, cinco internados e um morreu na sexta-feira (27). Desde o início das notificações, outros quatro casos tiveram exame negativo para o coronavírus.

Veja abaixo os detalhes dos pacientes que estão sob investigação ou já tiveram descartada a infecção pela Covid-19. As informações foram atualizadas pela Prefeitura de Americana na tarde desta segunda-feira (30).

DESCARTADOS (10)

Criança do sexo masculino, de 3 anos, moradora do Jardim Girassol, que esteve na China. A suspeita foi notificada no dia 30 de janeiro. Resultado do exame: descartado

Mulher, de 42 anos, moradora do bairro Jaguari, que esteve na Itália. A suspeita foi notificada no dia 4 de março. Resultado do exame: descartado

Homem, de 26 anos, morador do bairro Nossa Senhora do Carmo, que esteve na Itália. A suspeita foi notificada no dia 6 de março. Resultado do exame: descartado

Mulher, de 28 anos, moradora do bairro Santa Catarina, que esteve na Itália. A suspeita foi notificada no dia 6 de março. Resultado do exame: descartado

Mulher, de 42 anos, moradora do Jardim Thelja, que esteve em Nova York e Orlando, nos Estados Unidos. A suspeita foi notificada no dia 13 de março. Resultado do exame: descartado.

Mulher, de 34 anos, moradora do Jardim Alvorada, que esteve em Nova York e Orlando, nos Estados Unidos. A suspeita foi notificada no dia 13 de março. Resultado do exame: descartado.

Homem, de 28 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Resultado do exame: descartado

Mulher, de 36 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Resultado do exame: descartado.

Mulher, de 42 anos, profissional de saúde de hospital particular, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Resultado do exame: descartado.

Homem, de 60 anos, profissional da saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 25 de março. Resultado do exame: descartado.

EM INVESTIGAÇÃO (30)

Mulher, de 44 anos, moradora do Jardim São Domingos, que trabalha no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, em Americana. A suspeita foi notificada no dia 16 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Homem, piloto de avião, de 26 anos, morador da Cidade Jardim, que esteve em aeroportos. A suspeita foi notificada no dia 16 de março. Ele aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Mulher, comerciante, de 52 anos, moradora do bairro Dona Judith, que esteve na 25 de Março, em São Paulo. A suspeita foi notificada no dia 16 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Criança do sexo feminino, de 2 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A criança esteve no Catar. A suspeita foi notificada no dia 17 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Homem, de 30 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado e que teve contato com um paciente de São Paulo com exame positivo para coronavírus. A notificação ocorreu  no dia 17 de março. Ele aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Mulher, de 27 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado e que teve contato com um paciente de São Paulo com exame positivo para coronavírus. A notificação ocorreu no dia 18 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Mulher, de 42 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado. Ela esteve nos Estados Unidos. A notificação ocorreu no dia 19 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Criança do sexo feminino, de 2 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado. Ela teve contato com um paciente de São Paulo com exame positivo para coronavírus. A notificação ocorreu no dia 20 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Mulher, de 42 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado. Ela teve contato com um paciente de São Paulo com suspeita de coronavírus. A notificação ocorreu no dia 18 de março. Ela aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Homem, de 35 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado. Ele esteve na Itália. A notificação ocorreu no dia 20 de março. Ele aguarda o resultado do exame em isolamento domiciliar.

Homem, de 72 anos, morador do bairro São Jerônimo. Segundo divulgou a prefeitura nesta segunda-feira (23), ele está internado desde domingo (22) em uma ala isolada no Hospital Municipal, entubado, com quadro estável, porém, inspirando cuidados. A prefeitura não detalhou como ele teria tido contato com um suposto vírus, mas informou que ele tem histórico de doença pulmonar obstrutiva crônica. Ele aguarda o resultado do exame.

Mulher, de 27 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 23 de março. A prefeitura não deu detalhes de onde ela esteve ou se teve contato com alguém infectado. Ela aguarda resultado do exame em isolamento domiciliar.

Criança do sexo masculino, de 2 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 23 de março. A prefeitura não deu detalhes de onde ela esteve ou se teve contato com alguém infectado. Ela está internada em um hospital particular e aguarda resultado do exame.

Bebê do sexo feminino, de 4 meses, moradora do bairro Parque Novo Mundo. A notificação ocorreu no dia 23 de março. A prefeitura não deu detalhes de onde ela esteve ou se teve contato com alguém infectado. Ela está internada em um hospital particular e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 49 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 23 de março. Ela está em isolamento e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 45 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 23 de março. Ela está em isolamento e aguarda resultado do exame.

Homem, de 79 anos, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 23 de março. Ele está em internado e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 28 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 47 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Homem, de 58 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ele está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 36 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 31 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 31 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 55 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 24 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Homem, de 42 anos, profissional da saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 27 de março. Ele está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 24 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 27 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 40 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 27 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Bebê do sexo feminino, de 1 ano, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 27 de março. Ela está em internado em hospital particular e aguarda resultado do exame.

Mulher, de 38 anos, profissional de saúde, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 30 de março. Ela está em isolamento domiciliar e aguarda resultado do exame.

Recém-nascido, do sexo masculino, de 11 dias, cujo bairro onde mora não foi divulgado. A notificação ocorreu no dia 30 de março. Ele está internado em hospital particular e aguarda resultado do exame.

MORTE SUSPEITA (1)

Nesta sexta-feira (27), a Prefeitura de Americana divulgou uma morte suspeita por coronavírus. A vítima é um idoso de 64 anos, que estava internado em um hospital particular.

O caso dele já era investigado como suspeita por conta dos sintomas. O paciente teve contato com um caso confirmado da doença atendido na cidade de São Paulo.

Segundo a Vigilância Epidemiológica, ele começou a ter sintomas no dia 13 de março e procurou por assistência médica do hospital privado no dia 23, quando foi diagnosticado com pneumonia bacteriana.

De acordo com informações divulgadas pela prefeitura, o paciente recebeu prescrição de antibiótico e foi liberado para tratamento em casa.

Após três dias, a febre tinha passado, mas a falta de ar e cansaço continuaram. Com a piora do quadro na madrugada desta sexta, foi internado à 1h30 e encaminhado para UTI com dificuldades respiratórias.

O idoso, então, teve piora do quadro e morreu por volta das 12h30 desta sexta.

De acordo com a prefeitura, o paciente residia em Americana e estava entre os grupos com maior risco da doença, por ter mais de 60 anos, ser cardiopata e diabético.

CONFIRMADO (1)

Nesta terça-feira, o LIBERAL revelou que um empresário de Americana está internado em São Paulo com diagnóstico positivo de coronavírus. A prefeitura confirmou que ele é considerado o primeiro caso da cidade.

Gustavo Azzolini, de 41 anos, é diretor administrativo da FAM (Faculdade de Americana). Ele está isolado e apresenta quadro estável, com melhoras, e teve alta nesta quarta-feira (25).

Ele deu uma entrevista ao LIBERAL, com exclusividade, em que contou como foi a descoberta da doença e como tem sido o tratamento.

Além de Gustavo, o sogro dele, Florindo Corral, de 70 anos, que é fundador da FAM, também está internado, mas em situação mais grave. Além da idade, doenças crônicas e o fato de ser ex-fumante colocam Florindo em um grupo de alto risco para o novo coronavírus.

Nesta sexta-feira, a Prefeitura de Americana informou que o primeiro exame de Florindo deu negativo para coronavírus. Uma contraprova ainda aguarda resultado.