Americana descarta possível caso suspeito de coronavírus

A informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira depois do cruzamento de informações epidemiológicas; caso foi encerrado como gripe e sinusite


A Secretaria de Saúde de Americana descartou a possibilidade de um caso de coronavírus em uma mulher de 46 anos, que mora na cidade. A informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira. A conclusão foi de que se tratou de um quadro gripal e de sinusite.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

O caso estava sendo monitorado desde ontem a tarde como uma possível suspeita do novo coronavírus, já que a mulher deu entrada na quinta-feira no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, em Americana apresentando dor de cabeça, dificuldade respiratória e calafrios.

Foto: Editoria de Arte / O Liberal
Coronavírus: veja dicas de como se proteger

Ela informou que havia tido contato com um homem de Campinas que teria vindo da Itália recentemente e que começou apresentar os sintomas no dia 25 de fevereiro, um dia depois de encontrar com o homem que veio do país europeu.

A situação começou a ser investigada pela Vigilância, que descartou o caso suspeito com base no cruzamento de informações tanto de clínicas quanto epidemiológicas. O homem, morador de Roma, na Itália, não apresentava os sintomas da doença.

Ainda de acordo com a Vigilância, o caso foi encerrado como quadro gripal e de sinusite.

Outro caso

No dia 31 de janeiro deste ano, Americana teve seu primeiro caso suspeito de coronavírus, em uma criança de três anos, que havia viajado recentemente à China. No entanto, sete dias depois, em 6 de fevereiro, um exame descartou a doença no paciente em questão.

Um confirmado no Brasil

Por enquanto, o Brasil, apesar de 132 casos suspeitos informados nesta quinta-feira, tem apenas um confirmado, sendo o paciente um homem de 61 anos, que mora em São Paulo e voltou recentemente da Itália.

Ele apresentou os primeiros sintomas no domingo (23), tendo seu caso testado como positivo na terça-feira (25). A contraprova foi feita na quarta-feira (26) e confirmou o diagnóstico anterior.

Vacinação contra gripe

Em função do risco de surto de coronavírus, o Ministério da Saúde informou nesta quinta que vai antecipar a campanha de vacinação contra a gripe neste ano. Programada inicialmente para ocorrer em abril, a imunização agora começa já no dia 23 de março.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora