18 de Maio de 2020 Atualizado 20:33

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

COVID-19

Americana confirma mais quatro casos de coronavírus

Hospital Municipal tem seis casos suspeitos de Covid-19, dos quais cinco são moderados e um está em estado grave

Por Marina Zanaki

18 Maio 2020 às 20:06 • Última atualização 18 Maio 2020 às 20:33

Americana registrou mais quatro casos positivos do novo coronavírus (Covid-19) nesta segunda-feira (18) e chegou a 66 confirmações.

Dentre os novos casos, há duas mulheres que estão internadas em hospitais particulares. Uma tem 77 anos e a outra, 69.

As outras duas pacientes são profissionais da saúde de 24 e 41 anos. Ambas estão em isolamento domiciliar.

Dos 66 casos positivos de coronavírus, 54 estão curados, quatro morreram, quatro estão internados e quatro em isolamento domiciliar.

Internados

Seis pacientes com suspeita para o coronavírus estão internados no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi. Todos estão em leitos semi-intensivos.

De acordo com o Serviço Controle de Infecção Hospitalar, cinco são casos moderados e um está em estado grave. Eles aguardam resultados de exames.

Esses pacientes ainda não constam no boletim detalhado da Vigilância Epidemiológica, mas deverão ser incluídos nesta terça-feira (19).

Descartado

O município descartou uma morte com suspeita para coronavírus, e outros quatro casos suspeitos tiveram resultado negativo após realização de PCR. Uma pessoa realizou teste rápido em laboratório particular e o resultado também foi negativo.

O município registrou também mais um caso suspeito de Covid-19. Trata-se de um profissional da saúde de 41 anos que está em isolamento domiciliar.

O boletim informa ainda que uma morte, considerada suspeita de coronavírus, teve resultado negativo para a doença, além de outros quatro casos suspeitos que tiveram resultado negativo após realização de exame PCR.

Podcast Além da Capa
Diante da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), em virtude da determinação de paralisação de atividades econômicas e do isolamento social forçado pela quarentena, o reflexo no mercado de trabalho é um dos principais termômetros para medir os danos. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com o repórter George Aravanis, que trata do aumento dos pedidos de seguro-desemprego e acompanha os anúncios de suspensões de contrato de trabalho em empresas da RPT (Região do Polo Têxtil).