20 de abril de 2021 Atualizado 20:50

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

COVID-19

Americana aplica segunda dose para idosos de 90 anos ou mais a partir desta terça

Anúncio ocorre após chegada de novo lote da CoronaVac e após reclamação de idosos que tinham segunda dose agendada para esta segunda-feira

Por André Rossi/Heitor Carvalho

01 mar 2021 às 17:40 • Última atualização 01 mar 2021 às 18:14

A Secretaria de Saúde de Americana inicia nesta terça-feira (2) a aplicação da segunda dose da vacina contra novo coronavírus (Covid-19) para idosos com 90 anos ou mais. O imunizante estará disponível em seis UBSs (Unidades Básicas de Saúde).

A cidade recebeu nesta segunda-feira (1º) um novo lote com 4.080 doses da CoronaVac, do Instituto Butantan. No total, são 408 frascos multidoses, que vão permitir a aplicação da dose complementar. É a maior remessa de CoronaVac enviada ao município desde o início da campanha, em 21 de janeiro.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Nesta segunda, diversos idosos que se enquadram nessa faixa etária procuraram postos de saúde para receber a segunda dose. Isso porque a data agendada na carteira de vacinação marcava para o dia 1º de março o reforço, que não ocorreu porque a cidade estava sem doses adicionais.

A aposentada Maria de Fátima Lopes Santos, de 61 anos, mora no Parque Novo Mundo e levou a mãe Izabel Lopes, de 93, até a UBS do Jardim São Paulo, por volta de 9h, para receber a segunda dose da vacina, conforme estava agendado na carteira de vacinação, mas não conseguiu ser atendida.

Algumas unidades apresentaram fila nesta segunda-feira – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

“Minha mãe tomou a primeira dose no dia 8 de fevereiro e ficou agendada a segunda dose para 1º de março. Hoje chegamos lá e não tinha vacina. Disse que provavelmente terá na quarta-feira, mas que tem que ligar antes para saber onde será essa vacinação. Fica a frustração e a incerteza”, lamentou Maria.

Em entrevista ao LIBERAL pela manhã, o secretário de Saúde, Danilo Carvalho Oliveira, afirmou que o as remessas necessárias para realizar a aplicação da segunda dose na cidade chegariam nesta segunda, o que foi confirmado no final da tarde.

Onde se vacinar

A vacinação complementar para idosos acima dos 90 anos ocorre simultânea à aplicação da primeira dose para idosos de 80 anos ou mais, que começou nesta segunda. Porém, a aplicação ocorrerá em UBSs distintas.

No caso do público acima dos 80, são quatro UBS: Vila Gallo, São Vito, Jardim Brasil e São Domingos. O atendimento é das 8h30 às 15h. Já o drive-thru em frente a UBS Cillos funciona das 8h30 às 19h, exclusivamente para essa faixa etária.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Enquanto isso, a aplicação da segunda dose para os idosos acima dos 90 anos será nas seguintes UBSs: Jardim Boer, Mathiensen, Zanaga e Parque Gramado, e também nas EFSs (Estratégia de Saúde da Família) Jaguari e Praia Azul das 8h30 às 15h.

Primeira dose para pessoas com mais de 80 anos

Os idosos com 80 anos ou mais começaram a ser vacinados nesta segunda em cinco UBSs (Unidade Básica de Saúde) de Americana. A prefeitura recebeu um lote de 2.800 doses da vacina Oxford-AstraZeneca na última quinta-feira (25).

A vacina foi disponibilizada nas UBSs dos bairros São Vito, Jardim Brasil, São Domingos e Vila Gallo, das 8h30 às 15h, além de um drive-thru em frente à UBS Cillos, das 8h30 às 19h.

Apesar dos problemas sobre a segunda dose, a imunização em pessoas a partir do 80 anos foi feita – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

A decisão de concentrar a vacinação em apenas cinco unidades de saúde do município foi tomada pela prefeitura por conta das 70 doses que foram perdidas na etapa passada.

“Dessa vez eu centralizei em menos unidades para evitar perder alguma dose. Embora esteja em unidades centralizadas, só na UBS da Vila Galo estamos cinco vacinadores e nove anotadores, ou seja é uma unidade, mas com capacidade de quatro”, destacou o secretário de Saúde.

De acordo com o secretario, o município deve começar a vacinar as pessoas com mais de 77 anos a partir de quarta-feira (3), quando uma nova remessa de doses serão distribuídas em nove UBSs, que ainda serão anunciadas pela administração municipal.

O LIBERAL esteve nas unidades de saúde em que a aplicação da vacina ocorreu. Nas UBSs da Vila Galo e do São Domingos havia filas, enquanto que nas unidades do São Vito e do Jardim Brasil o fluxo de pessoas era moderado.

No drive-thru da UBS Cillos, durante a manhã, muitas pessoas foram ao local com o objetivo de se vacinar, mas encontraram as portas fechadas. O horário divulgado pela prefeitura inicialmente para o funcionamento do local era das 17h às 20h, que depois foi alterada para 8h30 às 19h.

A senhora Tilinha Morábito Cadaval, de 80 anos, veio acompanhada da filha do Jardim Girassol até a UBS da Vila Galo e relatou as dificuldades impostas pela quarentena.

“Fico isolada em casa, mas a gente se conforma porque é para o bem. A gente se adapta. Graças a Deus na minha família não teve nada porque todo mundo se cuidou”, afirmou.

Ela também demonstrou sua ansiedade em receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19, para retomar a normalidade de sua via. “Depois vamos passear, vamos poder sair, vai ser um alívio”, afirmou.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, a Secretaria Estadual da Saúde já determinou a reserva para a segunda dose aos que já foram vacinados, cujo cronograma será em breve anunciado.

Publicidade