Alunos da Dilecta prestam homenagem às vítimas de massacre

Iniciativa da escola do bairro Cidade Jardim, em Americana, reuniu 350 estudantes entre 10 e 17 anos pela manhã


Estudantes entre 10 e 17 anos da Escola Estadual Professora Dilecta Ceneviva Martinelli, no bairro Cidade Jardim, em Americana, homenagearam hoje pela manhã as vítimas da tragédia da escola Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo.

Cerca de 350 alunos, mais professores e funcionários promoveram um abraço coletivo ao prédio da escola e fizeram cartazes expressando sentimentos que tomaram conta da comunidade escolar, após dois homens terem invadido a escola de Suzano e matado sete pessoas – 5 alunos e 2 funcionárias da unidade.

A diretora Sandra Pavan disse que a homenagem foi uma iniciativa dos próprios alunos e funcionários da Escola Dilecta, e expressa o luto de todos pelo que aconteceu em Suzano. “Poderia ter acontecido em qualquer lugar”, lamenta.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!