Apostadores já especulam o que fazer com o prêmio milionário

Apostas podem ser feitas até as 16h desta segunda; prêmio de R$ 280 milhões renderia cerca de R$ 1 milhão ao mês


Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG
A expectativa da Caixa é que o sorteio pague R$ 280 milhões ao acertador das seis dezenas

Resolver a vida da família, doar para um hospital, ajudar mendigos, dedicar-se a um hobby, viajar e montar o negócio dos sonhos são algumas das expectativas de quem aproveitou os últimos momentos para apostar na Mega da Virada na manhã desta segunda-feira (31), em Americana. É possível jogar até as 16h, em lotéricas ou pela Internet.

A expectativa da Caixa é que o sorteio pague R$ 280 milhões ao acertador das seis dezenas. Se o ganhador aplicar tudo na poupança, o dinheiro renderá algo em torno de R$ 1 milhão mensais, segundo o banco. É o suficiente para comprar um carro popular 0km por dia. O sorteio será realizado às 20h. Se ninguém acertar os seis números, o prêmio vai para quem fizer a quina – ano passado, 17 apostas dividiram R$ 306 milhões.

A cuidadora de idosos Darci Caprara, 51, já tem endereço certo de parte do dinheiro que espera ganhar nesta segunda: o Hospital do Câncer de Barretos, onde seu pai passa por tratamento de um câncer. “Ele foi muito bem cuidado.” O restante vai para pagar as dívidas e ajudar a família, contou Darci, que fez um jogo simples.

O engenheiro mecânico Marcos Antônio Salmazo, 51, joga só de vez em quando, “pra ter um pouquinho de sonho”. E o sonho dele é viajar “um pouquinho mais, trabalhar um pouquinho menos.” E montar uma marcenaria pequena, para dedicar-se a seu hobby. “Mas sem muita pressão”, conta.

Edson da Silva, 47, quer ajudar todos os mendigos da região central de Americana. Cadeirante, ele vende panos de prato no calçadão e já conhece quase todos. “Aí depois vou ajeitar minha vida. Comprar casa, apartamento, uma fazendinha.”

O aposentado Reynaldo, 70, estava tão confiante que não quis dar o nome completo à reportagem e pediu que sua foto não fosse publicada. “Vai que eu ganho.” Não mudou de ideia nem depois de ouvir que ninguém teria como saber que seria ele o vencedor. Mostrou inclusive preocupação por ter explicado sua técnica de escolha de parte dos números. “Já falei três números pra você. Se eu ganhar, hein”, disse Reynaldo, que quer deixar a vida da família melhor com o dinheiro.

O locutor Alberto Teixeira, 64, não poupou na hora de ter esperança. Gastou cerca de R$ 500 em apostas na Mega da Virada.

“Só em um bolão entrei com 100 conto [R$ 100]”, contou Teixeira enquanto fazia mais dois jogos simples na manhã deste sábado, no Centro [cada aposta simples, de seis números, custa R$ 3,50]. Ele pretende realizar o sonho de comprar uma rádio. Depois, comprar uma chácara.

Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG
Kenia Alves, gerente de uma lotérica no calçadão, conta que a maioria dos apostadores chega com um jogo pronto

Kenia Alves, gerente de uma lotérica no calçadão, conta que a maioria dos apostadores chega com um jogo pronto [há também a opção de pedir que a máquina escolha números aleatórios]. O movimento neste sábado estava acima do normal, segundo Kenia, embora não houvesse filas. É que, como o período de aposta na Mega da Virada começa em novembro, explica a gerente, muita gente vai jogando durante este período.

O que aumenta mais é o valor apostado. “Na Mega da Virada, o pessoal investe um pouco mais”, afirma Kenia. “Joga R$ 50, R$ 100, a Mega da Virada compensa, porque o prêmio é milionário”.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!