Ajudante de cozinha vai a júri por morte de empresária

Corpo de Katia, que deixa três filhos, foi abandonado à beira de uma estrada de terra entre Americana e Nova Odessa


Foto: Reprodução
Bernava confessou o crime na época e está preso

Bruno César Bueno Bernava, de 30 anos, será julgado nesta terça-feira pelo assassinato da empresária Katia Keiko Picioli Ferreira, morta por estrangulamento em outubro de 2018, quando tinha 40 anos. Bernava confessou o crime na época e está preso. Os dois tiveram um relacionamento.

O julgamento está marcado para começar às 9h, no Fórum de Americana.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

O corpo de Katia, que deixou três filhos, foi abandonado à beira de uma estrada de terra entre Americana e Nova Odessa. Tudo foi descoberto quando a empregada chegou para trabalhar, por volta de 8h30. O carro de Bernava estava do outro lado da rua e havia sinais de luta na casa. A polícia o deteve em um bloqueio perto de Dracena.

Segundo a DIG (Delegacia de Investigações Gerais), Bernava, que trabalhava como ajudante de cozinha, disse em depoimento informal que foi à casa de Katia, no Jardim Amélia, e eles se sentaram no sofá para conversar. Ele exigia ver o celular dela, o que a comerciante não permitiu. O homem então aplicou uma chave e a mulher desmaiou. Ao ver mensagens das quais não teria gostado, Bernava deu socos na mulher, de acordo com a DIG.

Depois, a levou até o carro dela e saiu dirigindo. Ela esboçou sinais de vida, então ele parou o veículo, a enforcou com uma toalha de academia e depois a deixou à beira de uma estrada de terra, segundo esse depoimento informal relatado pelos policiais.

Já em depoimento formal ao final, ele afirmou que usou a toalha apenas para colocar a mulher no carro, e não para enforcá-la. Disse também que pretendia levá-la a um hospital, mas desistiu ao receber ligações da mãe e do irmão dela.

Além da Capa, o podcast do LIBERAL

A trajetória do impasse em torno da lei municipal de incentivo ao esporte em Americana é o assunto desta edição do Além da Capa. Ouça:

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora