Água chega suja em vários bairros de Americana

Moradores relatam que o problema acontece há semanas e DAE afirma que não tem conhecimento sobre a situação


Vídeo:

Moradores de diversos bairros de Americana enviaram reclamações ao LIBERAL durante a semana para reclamar da má qualidade da água que chega às torneiras e caixas d’água das residências. As queixas vieram dos bairros Parque Novo Mundo, Jardim Boer, Jardim Brasil, Parque das Nações,  Vila Nossa Senhora de Fátima e Vila Biasi.

Foto: Arquivo Pessoal
César Marques relata problemas com água há pelo menos 3 semanas no Jardim Boer

O primeiro a reclamar foi Celso Marques, que afirmou que a água está com qualidade ruim há três semanas no Jardim Boer e piorou com o passar dos dias. “Meu pai é acamado, preciso lavar a roupa de cama com frequência e tenho que buscar baldes da caixa, por que tentei usar a da rua para tomar banho e o cabelo até sai duro”, contou.

Érica de Franco saiu do hospital nesta semana após uma gravidez de risco, e, de repouso, se surpreendeu quando o marido foi lavar a mamadeira da filha na quinta-feira (17) e a tirou da cama para mostrar a situação da água. “Estava preta, dava para ver que era um tipo de óleo, tinha cheiro de óleo. Guardei numa garrafa e depois de uma hora fui ver de novo, tinha lodo”, disse.

Nesta sexta (18), Érica afirmou que a água saía esbranquiçada. “Claramente estava com cloro, e quando não era assim, saía turva”. Moradora do Parque das Nações, ela disse que o bairro sofre com falta de água, e, poucas vezes, com água suja, “mas nunca desse jeito”.

Foto: Arquivo Pessoal
A loja de filtros de Francisco também está com problemas de água suja há 2 meses

Ao LIBERAL, Francisco Bonfati disse trabalhar com filtros de água e serviços de limpeza de caixas d’água e atender 24 cidades da região. “O filtro é o mesmo que eu uso em todos os lugares e só em Americana tenho que trocar com essa frequência, em qualquer bairro. Está generalizado o problema. Um filtro que deveria durar meses, dura dias”, afirmou.

Foto: Arquivo Pessoal
Copo com água que Francisco viu na casa de um dos clientes na Vila Biasi

Os atendimentos para realizar a troca do filtro chegam a 15 ou 20 por dia somente no município. Francisco enviou uma lista com os atendimentos que fez numa manhã em bairros que relataram estar com água suja. São eles: Jardim da Paz, Parque Gramado, Vila Dainese, Jardim Ipiranga, Frezzarin, Jardim São Paulo, Jardim Colina, São Vito, Jardim Brasil, Residencial Jaguari, Nova Carioba e condomínios da Praia Azul e Praia dos Namorados.

O DAE, responsável pela água e esgoto em Americana, foi questionado a respeito das reclamações dos moradores e informou que não tem conhecimento sobre a situação e que nenhuma reclamação foi registrada nos bairros citados. A autarquia disse que “é preciso ao menos um registro oficial para que possa informar se de fato é um problema do serviço de abastecimento”.

* Estagiária Maíra Torres, sob supervisão de Luciano Bianco

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora