Administrador perde R$ 756 em site falso de pneus

Ele efetuou o pagamento de um boleto e foi informado de que o pedido estava sendo despachado, mas só percebeu o golpe quando o site saiu do ar


Um administrador de empresas de 49 anos foi vítima de um golpe e perdeu R$ 756 em um site falto para revenda de pneus. Ele acessou a plataforma, conseguiu efetuar a compra, fez o pagamento através de boleto, mas antes que recebesse a mercadoria o site saiu do ar e ele não conseguiu mais nenhum contato com os vendedores. A ocorrência de estelionato foi registrada na última segunda-feira (8) na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Americana.

A vítima chegou ao site após uma pesquisa sobre venda de pneus na internet. No dia 30 de setembro, ele comprou quatro pneus no valor total de R$ 756. Na mesma hora, recebeu um e-mail com o link para gerar o boleto.

Foto: Freeimages.com
Homem só percebeu que caiu em golpe quando site saiu do ar e pneus não foram entregues a ele

No dia seguinte ao pagamento, o pedido constava como cancelado no site. Ele ligou, falou com um funcionário e teve a confirmação de que o pagamento foi registrado e a mercadoria estava sendo separada para despacho.

No dia 3 de outubro, ele entrou novamente no site e viu que o pedido ainda constava como cancelado. Tentou contato por telefone, mais uma vez, e não conseguiu. No dia 4, o administrador ligou novamente para o telefone que constava no site e foi informado que o pedido estava em fase de processamento para despacho, o que acabou não acontecendo. No dia 5, o site já estava fora do ar e ele percebeu que havia sido vítima de um golpe.

No boletim de ocorrência, o administrador informou que antes de efetuar a compra teve o cuidado de checar o CNJP da empresa e ele aparecia como regular na Receita Federal. O administrador informou ainda que o site tinha certificado de segurança e que só percebeu o golpe após ele sair do ar.

Outro

No final de setembro, uma dona de casa de Americana também foi vítima de um site falso para venda de pneus. Na ocasião, ela perdeu R$ 968 que pagou pela compra de quatro pneus.

Ao fazer contato com a loja física da marca, foi informada de que caído num golpe já que a empresa não tinha plataforma para venda online.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!