Acompanhe os reflexos do coronavírus em Americana

Levantamento feito pelo LIBERAL aponta reflexos do novo coronavírus (Covid-19) na Educação, Saúde, Segurança, Comércio, Indústria e Lazer


O prefeito de Americana Omar Najar (MDB) determinou o estado de quarentena no município no último sábado (21), com início imediato, após o governo estadual anunciar a medida a partir desta terça-feira (24) e valendo por 15 dias.

Nesta segunda-feira (24), a Prefeitura de Americana decretou o estado de calamidade na cidade, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), uma medida sem prazo para se encerrar. A publicação no Diário Oficial eletrônico traz uma série de argumentos fundamentando as medidas, que dão mais liberdade para a prefeitura no combate ao coronavírus.

Os moradores de Americana passam a sentir os reflexos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Um Comitê de Gestão de Crise foi criado no município, contando com a participação da Secretaria de Ação Social e Desenvolvimento Humano e a Defesa Civil, para discutir e definir ações de combate ao vírus.

Nesta terça-feira, o LIBERAL revelou que um empresário de Americana estava internado em São Paulo com diagnóstico positivo de coronavírus, mas ele já teve alta e está em casa. A prefeitura confirmou que ele é considerado o primeiro caso da cidade. Acompanhe a notificação de casos suspeitos em Americana.

Confira um levantamento feito pelo LIBERAL que aponta reflexos do novo coronavírus (Covid-19) em Americana na Educação, Saúde, Segurança, Comércio, Indústria e Lazer, atualizado às 12h10 de quinta-feira (26).

Educação

O primeiro anúncio de suspensão de aulas no município foi no último dia 15.  As escolas das redes municipais e estaduais de Americana optaram por antecipar as férias dos alunos e professores a partir desta segunda-feira (23). Os professores foram orientados a passar conteúdo pedagógico para os alunos pelas redes sociais e outras plataformas digitais.

A secretária de Educação Evelene Ponce Medina disse que a Prefeitura de Americana estuda maneiras de continuar oferecendo merenda escolar para estudantes carentes no período de aulas suspensas.

Na rede particular, a reportagem do LIBERAL apurou que as aulas presenciais estão suspensas pelos próximos 15 dias, e as disciplinas serão lecionadas normalmente no sistema EAD (Ensino à Distância).

A Fatec (Faculdade de Tecnologia) de Americana também suspendeu as aulas, bem como atendimentos e colação de grau, desde a última semana. O adiantamento do recesso escolar segue a medida adotada pela Secretaria Estadual de Educação. Já a FAM (Faculdade de Americana) e a Unisal (Centro Universitário Salesiano) migraram as atividades para o sistema EAD.

Saúde

A Secretaria de Saúde do município fez um apelo para que a população procure o pronto-socorro do Hospital Municipal ou do bairro Antônio Zanaga quando realmente houver necessidade, evitando sobrecarregar o sistema. A orientação é procurar o pronto-socorro “quando os indivíduos apresentarem quadro de saúde que mereça atenção imediata dos profissionais de saúde”.

A campanha de vacinação nacional contra a gripe teve início nesta segunda-feira (23) em Americana, com 9,6 mil doses esgotadas no primeiro dia de campanha. Com a chegada de um novo lote, a campanha deve ser retomada na quinta (26). A Vigilância Epidemiológica informou que adiou a vacinação de rotina durante a primeira fase da campanha de vacinação contra gripe, seguindo determinação do Ministério da Saúde, com o objetivo de evitar o contato entre crianças e idosos.

A prefeitura chegou a divulgar que é falsa a mensagem de que a vacinação para a gripe será realizada por ordem alfabética, desmentindo uma arte com informação “fake” que circulou em grupos de Whatsapp e nas redes sociais nos últimos dias.

O Hospital Municipal vai contar com uma ala para receber pacientes com síndromes respiratórias durante pandemia. A área de isolamento está em fase de conclusão e, segundo a Secretaria de Saúde, vai funcionar no antigo pronto-socorro. Pacientes em estado grave serão conduzidos à unidade semi-intensiva, do novo pronto-socorro, que possui dez leitos totalmente equipados com ventiladores mecânicos e demais itens de emergência

Na última semana a Secretaria de Saúde de Americana suspendeu todas as consultas médicas e cirurgias agendadas, com exceção das oncológicas, de neurologia, psiquiatria e nefrologia. Foram mantidos apenas os exames de urgência e emergência, acompanhamento de gestantes e casos específicos, de acordo com avaliação de uma equipe técnica.

A recomendação também era para que consultas eletivas da rede privada fossem temporariamente suspensas, ajudando no isolamento social, principalmente da população idosa.

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) também contribuiu para a baixa no número de doadores ao Banco de Sangue do Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi.

Para facilitar o acesso da população aos hospitais, até mesmo a cobrança da área azul foi suspensa. Já o atendimento na Farmácia Central de Americana, a quem precisa de medicamento de uso contínuo, passou a ser realizado com agendamento por telefone.

Segurança

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) afetou o atendimento nas delegacias de Americana. Na CPJ (Central de Polícia Judiciária) é permitida a entrada de apenas uma pessoa por vez e o balcão de atendimento foi isolado.

A orientação é que boletins de ocorrência sejam registrados pela Internet, sempre que possível. Contudo, uma portaria da delegacia geral do Estado orienta o atendimento direto, com devidas cautelas, em casos de morte ou desaparecimento de pessoa, violência doméstica contra crianças e adolescentes, estupro, sequestro e cárcere privado, roubo e/ou extorsão e flagrantes.

A portaria proíbe negar o atendimento e deixa a cargo do delegado se o fato apresentado precisa de uma providência imediata ou se o procedimento pode ser adiado.

No primeiro final de semana de restrições, a Gama (Guarda Municipal de Americana) havia flagrado 80 estabelecimentos abertos irregularmente, seguindo o decreto publicado na última semana, que suspendia a validade dos alvarás de funcionamento de casas noturnas, pubs e outros tipos de bares que “promovam alta concentração e circulação de pessoas”.

O comandante da corporação Marcos Guilherme explicou que há equipes de patrulheiros focados no auxílio às unidades de vigilância sanitária do município, com a fiscalização de estabelecimentos que deveriam estar fechados, e equipes voltadas para o patrulhamento rotineiro, atendendo às solicitações da população. Também orientou à população que não hesite em entrar em contato com a Guarda pelos números 153 ou (19) 3461-8631.

Comércio

Serviços considerados essenciais e que estão autorizados a funcionar podem fazer atendimentos por delivery durante o estado de calamidade, que entrou em vigor na cidade na segunda-feira (24).

Em novo decreto publicado na noite desta quarta-feira (25), o prefeito de Americana, Omar Najar (MDB), vetou o consumo dentro das lojas de conveniência em postos de combustíveis. Elas poderão operar normalmente, mas o consumo dos produtos tanto no local quanto na área do posto estão proibidos.

O comércio de rua em Americana foi fechado em atendimento à determinação dos governos municipal e estadual. Nesta segunda-feira (23) a diretoria da Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana) anunciou uma reunião para discutir medidas que minimizem os impactos do novo coronavírus (Covid-19) na economia da cidade.

No sábado (21), dia em que tanto o prefeito Omar Najar quanto o governador João Doria se pronunciaram sobre o fechamento das lojas, a Acia – até então relutante – disse que ia orientar os associados e logistas a fecharem os estabelecimentos.

Segundo a publicação do Diário Oficial do município, continuam operando hospitais, clínicas, farmácias e clínicas odontológicas; transporte público urbano; transportadoras, armazéns e centros de distribuição; serviços de ‘call center’ e atendimento ao cliente; comércio de produtos para animais de estimação; serviços de atendimento veterinário de urgência e emergência; serviços de entregas (‘delivery’); supermercados, mercados, mercearias e padarias; feiras livres de alimentos; serviços de limpeza pública; postos de combustíveis; distribuidores de gás GLP ; oficinas mecânicas e de reparo automotivo; serviços de segurança e portaria privados e serviços de manutenção técnica especializada.

Além disso, restaurantes podem continuar as atividades apenas com entregas em domicílio. No caso de bares, os estabelecimentos devem permanecer fechados.

Indústria

Na última sexta-feira (20), a Goodyear anunciou a suspensão temporária da fabricação em suas plantas nas Américas, o que inclui a unidade de Americana. Válida pelo menos até o dia 3 de abril, a medida tem como objetivo evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19), protegendo a saúde dos colaboradores.

O decreto de quarentena, do governo estadual, porém, não impede o funcionamento de empresas. Pelo contrário. Em entrevista, o governador João Doria ressaltou que as indústrias continuem em atividade.

Transporte

Os ônibus do transporte público de Americana funcionam com redução de 20% desde a semana passada. A Sancetur (SOU Americana) informou que a frota somente será mantida nos horários de pico. Além disso, o posto de atendimento no andar superior do Terminal Urbano de Americana foi fechado, em função da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

O movimento nos ônibus do transporte urbano de Americana caiu 80% nos últimos dias, segundo o diretor da Sou Americana, Marco Chedid. Apesar da queda, a prefeitura informou que não estão programadas mais mudanças nos itinerários.

A Utransv (Unidade de Transportes e Sistema Viário) da Prefeitura de Americana informou que o prazo para o pagamento de multas e indicação de condutor infrator foi prorrogado até o dia 15 de maio, atendendo a deliberação do Contran (Conselho Nacional de Trânsito). O objetivo é evitar aglomerações nos órgãos públicos e entidades do STN (Sistema Nacional de Trânsito).

Lazer

O Parque Ecológico e o Jardim Botânico de Americana foram fechados por tempo indeterminado na última quarta-feira (18), para evitar a aglomeração de pessoas. O secretário de Cultura Fernando Giuliani chegou a explicar, naquela oportunidade, a preocupação com os funcionários da portaria do zoológico, que são idosos, e explicou que as equipes de alimentação e trato animal continuam o trabalho permanente.

Outros

As agências bancárias de todo o País funcionarão em horário restrito até o fim da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), de acordo com anúncio da Febraban (Federação Brasileira de Bancos). A partir desta quarta-feira (25) o público poderá ser atendido das 10h às 14h, de segunda a sexta-feira. Haverá ainda uma janela, das 9h às 10 horas, dedicada exclusivamente ao atendimento dos idosos, gestantes e pessoas portadoras de deficiências.

Nesta segunda-feira (23) a Caixa Econômica Federal informou que restringiu os atendimentos presenciais nas agências aos serviços essenciais de quem não possui cartão e senha, sendo que os demais serviços devem ser realizados nos terminais de autoatendimento ou pelo Internet Banking.

Academias também tiveram as atividades suspensas temporariamente no município, desde a última quarta-feira (18).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora