26 de junho de 2022 Atualizado 20:32

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

APOIO

Aberto nesta terça, abrigo de Americana pode se tornar permanente

Fraternidade Guardiões da Imaculada e a prefeitura pretendem mantê-lo de forma contínua

Por Rodrigo Alonso

18 de maio de 2022, às 08h17

Aberto às pessoas em situação de rua nesta terça, o abrigo emergencial no Centro de Americana – na Rua Carlos Gomes, número 155 – pode se tornar permanente.

O serviço duraria até o final do inverno, mas a Fraternidade Guardiões da Imaculada, entidade responsável pelo espaço, e a prefeitura, pretendem mantê-lo de forma contínua na sequência.

“A nossa intenção é que continue, não só nesse período, quando todos os olhares estão voltados para eles, mas o ano inteiro”, disse Ricardo de Maria, presidente da fraternidade.

Espaço de acolhimento recebeu as primeiras pessoas – Foto: Rodrigo Alonso / O Liberal

A secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, Juliani Hellen Munhoz Fernandes, e o prefeito Chico Sardelli (PV), afirmaram que apoiam a ideia.

Chico destacou a importância da casa de passagem para a população em situação de rua. “Essas pessoas precisam de carinho, de amor, de tratamento digno e não de isolamento”, ressaltou.

Nesta terça, o espaço recebeu as primeiras pessoas, que realizaram um cadastro na entrada e, logo depois, jantaram. Já acostumado com abrigos, Edilson Ferreira Patrício, 43, chegou ao local acompanhado de seu cachorro, “Ziquinha”, e afirmou estar disposto a ajudar no que for preciso.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Eu voltei. Vamos ver como vai funcionar aqui para eu poder, se for possível, dar toda a assistência que eu puder, porque eu sempre dei assistência em todo lugar que entrei”, apontou.

A ação ainda conta com a participação da Associação Vinde à Luz. “Acredito que vai funcionar tudo certinho. A gente já tem a experiência do ano passado, na Fidam”, declarou o presidente da entidade, Luiz Augusto Roberto.

Publicidade